icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/07/2013
21:11


A vitória do Cruzeiro sobre o Náutico, por 3 a 0, foi marcada pela velocidade do setor ofensivo, fator que empolga o técnico Marcelo Oliveira. Ao término do jogo, ele analisou a exibição de seus comandados e explicou que a venda de Diego Souza será benéfica.

– Tivemos uma boa movimentação, até pelas características dos jogadores que entraram. Fizemos um gol cedo, o que nos deu tranquilidade. O adversário estava fechado, veio com esse propósito. Poderíamos ter trocado melhor a bola e acertarmos mais contra-ataques. Esperamos nos fortalecer ainda mais com a volta ao G4 – destacou o treinador, que ainda falou sobre a saída do apoiador para o Metalist (UCR):

– A questão de saída de jogadores independe da vontade do clube. Eu não sou de lamentar, nem quando machuca ou sai um jogador. Temos um grupo semelhante e forte e temos que valorizar quem entrar. Ganhamos mais mobilidade no setor.

Marcelo Oliveira elogia o setor ofensivo (Foto: Ramon Bitencourt/ LANCE!Press)

Marcelo Oliveira voltou a analisar a velocidade de seus homens de frente. Segundo ele, este fator foi preponderante para a movimentação mais intensa dos jogadores.

– No início do jogo, até passei o Lucca para a esquerda. Ele disse que joga a maior parte do tempo assim. Nessa forma de jogar, deixo os atletas se movimentarem. Tivemos um problema de marcação com o Maranhão, o Rogério e o Derley. Foram bem, o Lucca está retomando.

Cruzeiro faz três e vence o Náutico no Mineirão


A vitória do Cruzeiro sobre o Náutico, por 3 a 0, foi marcada pela velocidade do setor ofensivo, fator que empolga o técnico Marcelo Oliveira. Ao término do jogo, ele analisou a exibição de seus comandados e explicou que a venda de Diego Souza será benéfica.

– Tivemos uma boa movimentação, até pelas características dos jogadores que entraram. Fizemos um gol cedo, o que nos deu tranquilidade. O adversário estava fechado, veio com esse propósito. Poderíamos ter trocado melhor a bola e acertarmos mais contra-ataques. Esperamos nos fortalecer ainda mais com a volta ao G4 – destacou o treinador, que ainda falou sobre a saída do apoiador para o Metalist (UCR):

– A questão de saída de jogadores independe da vontade do clube. Eu não sou de lamentar, nem quando machuca ou sai um jogador. Temos um grupo semelhante e forte e temos que valorizar quem entrar. Ganhamos mais mobilidade no setor.

Marcelo Oliveira elogia o setor ofensivo (Foto: Ramon Bitencourt/ LANCE!Press)

Marcelo Oliveira voltou a analisar a velocidade de seus homens de frente. Segundo ele, este fator foi preponderante para a movimentação mais intensa dos jogadores.

– No início do jogo, até passei o Lucca para a esquerda. Ele disse que joga a maior parte do tempo assim. Nessa forma de jogar, deixo os atletas se movimentarem. Tivemos um problema de marcação com o Maranhão, o Rogério e o Derley. Foram bem, o Lucca está retomando.

Cruzeiro faz três e vence o Náutico no Mineirão