icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/04/2014
08:58

Não deu para o brasileiro Marcelo Melo e sua dupla Ivan Dodig. O conjunto foi derrotado pela dupla número 1 do mundo, Bob e Mike Bryan, na final do Masters 1000 de Monte Carlo, por 2 sets a 1, com parciais de 6-3, 3-6 e 10 a 8 no tiebreak. O título teve um sabor especial para um dos irmãos Bryan, Mike, que alcançou seu centésimo título em duplas, enquanto seu irmão, Bob, chegou ao 98º.

- Quero parabenizar os irmãos Bryan pelo título e à minha dupla. agradecer a todos assistindo no Brasil. Eu estou muito feliz de ter jogado aqui e estou muito contente com a partida - disse Marcelo Melo, em entrevista ao final da partida.

- Tivemos ótimos jogos neste ano e espero que nos encontremos novamente em jogos finais - comentou Bob Bryan, sobre a dupla Melo e Dodig.

A partida começou complicada para a dupla do brasileiro, que não mostrava uma boa porcentagem de eficácia nos saques e desperdiçava ataques fáceis, tendo o saque quebrado logo no início do jogo, na única chance que Bob e Mike tiveram. Melo e Dodig tiveram duas chances de quebra e não aproveitaram. No fim, mais inteiros na partida, os irmãos Bryan levaram o set com calma, mesmo cedendo uma boa quantidade de pontos à dupla do brasileiro (29 a 24), mas conseguiram fechar a parcial em 6 a 3, em apenas 29 minutos.

No segundo set, Melo/Dodig tiveram uma chance de quebra logo no primeiro game, mas não aproveitaram. Marcelo e Ivan seguiam sacando bem, mas a dupla tinha dificuldades para fechar seus games, tornando-os mais disputados. Ainda assim, Melo e Dodig conseguiram uma quebra no oitavo game, passando à frente do placar em 5 a 3, e, sacando para o set, a dupla cedeu três chances de quebra aos irmãos Bryan, que não aproveitaram e, com um ace, Dodig fechou o set em 6 a 3, empatando a partida, em apenas 30 minutos.

No tiebreak, Dodig jogou melhor do que nos sets anteriores, lançando bolas decisivas, tanto no saque (servindo e devolvendo) quanto nos ataques e, se aproveitando de erros dos irmãos Bryan, conseguiram uma virada, após estarem perdendo por 4 a 1, alcançado um 7 a 5 no placar. Mas, quando se trata de um jogo com os irmãos Bryan, não há partida ganha e, após uma dupla falta de Dodig, eles fecharam o tiebreak em 10 a 8, conquistando o título do Masters 1000 de Monte Carlo.