icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/12/2013
10:17

Titular da meta gremista em 2013, o goleiro Dida virou a casaca. Será o dono da camisa 1 do Internacional na próxima temporada. O arqueiro Marcelo Grohe, que foi reserva no Grêmio e será aposta para 2014 afirmou que entrou em contato com o ex-companheiro para desejar sorte, mas "não no Gre-Nal".

Grohe terminou o ano de 2012 bem, após ser titular após a saída de Victor. Mas mesmo assim, a diretoria buscou um nome mais experiente para 2013. Contratou Dida, um pedido de Vanderlei Luxemburgo. Com a nova realidade financeira, o Tricolor optou por ter Grohe como titular, um jogador mais barato. O Inter, sem confiança plena em Muriel, optou por levar Dida.

- Depois do anúncio troquei mensagens com ele (Dida), desejando boa sorte. É um cara que tenho um respeito muito grande. Em um ano, podemos nos conhecer um pouco. É um cara muito bacana. É um grande goleiro, não conquistou o que tem à toa. No Gre-Nal que fica mais complicado, obviamente, mas é um cara que tenho muito carinho - destacou Grohe em entrevista na Rádio Bandeirantes.

Mesmo com a disputa por posição, o goleiro gremista afirmou que não teve problemas com Dida, multicampeão na carreira. O jogador era um dos líderes do elenco gremista - chegou a se desentender com o diretor-executivo Rui Costa na reunião que tratou dos atrasos salariais no final de 2013.

- O Dida é um cara tranquilo, bem sossegado, na dele. Não tem como ter problema com ele não. É um grande profissional - elogiou Grohe.

Dida assumirá o gol colorado. Assinou um contrato de dois anos com os alvirrubros e afirma que a sensação de trocar de rivais "é boa" em sua apresentação.