icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/07/2013
17:26

Buscando encontrar o substituto de Dagoberto e Luan no setor esquerdo do meio campo celeste, o técnico Marcelo Oliveira recorreu ao entrosamento dos jogadores para escalar o time principal que pega o Náutico, neste domingo. Titular absoluto até o meio do ano, Dagoberto ainda se recupera de lesão e Luan, jogador que entrou em campo na ausência do camisa 11, está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Para Marcelo Oliveira, a familiaridade entre os jogadores foi essencial para escalar Ricardo Goulart entre os onze iniciais.

- O Goulart jogou quase todo o ano passado com o Egídio, pelo lado esquerdo do Goiás, e fez muitos gols. Existe o entrosamento entre eles. O Egídio tem atuado de forma regular, extremamente ofensivo. É impressionante o quanto faz ultrapassagens. Espero que ele possa usar entrosamento que já tem com Goulart - comentou Marcel Oliveira.

MAIS:
> Nome de Martinuccio aparece no BID
> Everton Ribeiro quer 'blitz' do Cruzeiro contra o Timbu

Além de Élber, Lucca ou até mesmo Tinga, Marcelo também tinha a opção de escalar Martinuccio no time titular, e que já está com sua situação regularizada para jogar o Brasileirão pelo Cruzeiro. O treinador, no entanto, comentou que o argentino ainda não está totalmente pronto para atuar desde o início do jogo.

- O Martinuccio está à disposição, mas ficou muito tempo parado. Achamos melhor ele entrar durante o jogo. Da forma que nossa equipe joga, ainda temos como opções o Élber, o Martinuccio e o Lucca. São jogadores que também podem substituir - concluiu o treinador.

Para a partida contra o Náutico, o Cruzeiro deverá entrar em campo com Fábio, Mayke, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio. Nilton, Souza, Everton Ribeiro, Diego Souza, Ricardo Goulart e Vinícius Araújo.

Buscando encontrar o substituto de Dagoberto e Luan no setor esquerdo do meio campo celeste, o técnico Marcelo Oliveira recorreu ao entrosamento dos jogadores para escalar o time principal que pega o Náutico, neste domingo. Titular absoluto até o meio do ano, Dagoberto ainda se recupera de lesão e Luan, jogador que entrou em campo na ausência do camisa 11, está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Para Marcelo Oliveira, a familiaridade entre os jogadores foi essencial para escalar Ricardo Goulart entre os onze iniciais.

- O Goulart jogou quase todo o ano passado com o Egídio, pelo lado esquerdo do Goiás, e fez muitos gols. Existe o entrosamento entre eles. O Egídio tem atuado de forma regular, extremamente ofensivo. É impressionante o quanto faz ultrapassagens. Espero que ele possa usar entrosamento que já tem com Goulart - comentou Marcel Oliveira.

MAIS:
> Nome de Martinuccio aparece no BID
> Everton Ribeiro quer 'blitz' do Cruzeiro contra o Timbu

Além de Élber, Lucca ou até mesmo Tinga, Marcelo também tinha a opção de escalar Martinuccio no time titular, e que já está com sua situação regularizada para jogar o Brasileirão pelo Cruzeiro. O treinador, no entanto, comentou que o argentino ainda não está totalmente pronto para atuar desde o início do jogo.

- O Martinuccio está à disposição, mas ficou muito tempo parado. Achamos melhor ele entrar durante o jogo. Da forma que nossa equipe joga, ainda temos como opções o Élber, o Martinuccio e o Lucca. São jogadores que também podem substituir - concluiu o treinador.

Para a partida contra o Náutico, o Cruzeiro deverá entrar em campo com Fábio, Mayke, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio. Nilton, Souza, Everton Ribeiro, Diego Souza, Ricardo Goulart e Vinícius Araújo.