icons.title signature.placeholder João Pires
18/03/2014
09:14

Após praticamente não jogar na última temporada, Marcelinho Machado voltou ao Flamengo cercado de incertezas. Porém, depois de se recuperar de uma ruptura no ligamento do joelho direito, o ala de 38 anos está superando as dúvidas e se mostrando fundamental para a equipe. Neste fim de semana, terá a chance de conquistar o único título que disputou e não ganhou pelo Fla: o da Liga das Américas.

O Rubro-Negro disputará o Final Four da competição continental, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ). Nesta sexta-feira, enfrentará o Atlético Aguada (URU), às 21h15, pelas semifinais. Se vencer, luta pelo título no sábado contra o vencedor da outra semifinal, entre Pinheiros e Halcones Xalapa (MEX).

Jogador mais longevo do atual elenco, Marcelinho venceu todos os campeonatos que disputou pelo Flamengo, exceto a Liga das Américas. No clube desde 2007, o veterano competiu quatro vezes no torneio. Em 2007/2008, 2008/2009 e 2009/2010, caiu na primeira fase, enquanto em 2010/2011 foi eliminado na segunda fase. O Fla também disputou o torneio no ano passado e caiu na segunda rodada, mas Marcelinho, machucado, não atuou.

- Com certeza isso me dá um estímulo maior para este torneio. Como sempre falo, quero marcar o meu nome na história do Flamengo. É claro que com os títulos que já conquistei, eu sei que, de certa forma, já marquei. Mas, com uma conquista inédita para o clube, seria uma forma magnífica de chegar próximo ao fim da minha carreira - disse Machado, ao LANCE!Net.

Marcelinho vem tendo boas atuações pelo Flamengo e se tornou, no último sábado, o primeiro a chegar a quatro mil pontos nas seis edições do Novo Basquete Brasil (NBB). Este ano, ainda venceu o Torneio de Três Pontos do Fim de Semana das Estrelas do NBB, em fevereiro.

Marcelinho é um especialista em arremessos de três pontos (Foto: Divulgação)

Apesar de admitir que sua carreira já está na reta final, Marcelinho frisou que a conquista ou não do título da Liga das Américas não será decisiva para a definição de seu rumo:

- Eu acho que a conquista, se vier, não pode ser um estímulo para eu terminar a carreira. Você tem de ser claro em o que vai te motivar a encerrar a carreira, e eu tenho minhas convicções. Não será por conquistar ou deixar de conquistar algo que vou parar, mas sim por outros aspectos.

O campeão da Liga das Américas deverá disputar a Copa Intercontinental, contra o vencedor da Euroliga.

BATE BOLA
Marcelinho Machado
Jogador do Flamengo desde 2007

Qual a importância de disputar este tipo de torneio em casa?
É um campeonato à parte e jogar em casa é muito importante. Até porque, não é uma torcida qualquer, é a do Flamengo. O time sabe as particularidades da Liga das Américas, mas está preparado para vencer. Todos estão cientes dessa, não responsabilidade, mas oportunidade que temos.

Aos 38 anos, o que representaria conquistar um título continental?
Sei que estou muito mais próximo do fim do que do início da minha carreira. Então, conquistar um título tão importante neste momento seria muito gratificante para mim.

Títulos pelo Fla

Campeonato Carioca
Marcelinho já foi sete vezes campeão estadual com o Flamengo: 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013.

Títulos nacionais
Ele foi campeão brasileiro em 2008 pelo Fla. Depois, com a criação do NBB, venceu em 2009 e 2013.

Liga Sul-Americana
Pelo Fla, Marcelinho venceu em 2009