icons.title signature.placeholder Matheus Babo
icons.title signature.placeholder Matheus Babo
31/07/2013
15:08

O ex-volante Marcão, que jogou no Fluminense entre 1999 e 2005, está perto de voltar a trabalhar no clube. O ex-jogador vai se reunir com o presidente Peter Siemsen na próxima segunda-feira e deve assumir o cargo de auxiliar técnico fixo, função nova que a diretoria quer implementar no clube.

Em conversa com o LANCE!Net na terça-feira, pouco depois do anúncio de Vanderlei Luxemburgo como novo técnico do Tricolor, o ex-jogador confirmou que existiram algumas sondagens, mas que nada era oficial ainda e revelou que desde que encerrou a carreira sempre quis trabalhar como treinador ou auxiliar.

- Sempre trabalhei visando isso, com esse objetivo. Seria uma honra trabalhar no Fluminense - disse.

E MAIS
> Vanderlei Luxemburgo terá uniforme personalizado no Fluminense
> Sócios do Fluminense geram receita de R$ 7 milhões no semestre

O novo técnico Vanderlei Luxemburgo levou Lopes Júnior para ser seu auxiliar, assim como Leomir era o principal escudeiro de Abel Braga. Após a demissão de Abelão, o Tricolor teve que chamar o técnico do sub-17, Marcos Valadares, para assumir o time diante do Cruzeiro, nesta quarta, mas Luxa acertou na terça e isso não foi necessário. Sobre trabalhar com o novo comandante, Marcão mostrou que quer aprender.

- Seria uma honra. A gente sempre tem o que aprender, o Luxemburgo é um grande treinador.

Marcão é um velho conhecido desse elenco. O volante costuma visitar os treinos e tem ótima relação com os jogadores, além de ter grande identificação com o clube e a torcida. Como treinador, Marcão já comandou o Bangu no Campeonato Carioca de 2011 e 2012. Depois, assumiu o Bonsucesso e trabalhou por último no River-PI.

O ex-volante Marcão, que jogou no Fluminense entre 1999 e 2005, está perto de voltar a trabalhar no clube. O ex-jogador vai se reunir com o presidente Peter Siemsen na próxima segunda-feira e deve assumir o cargo de auxiliar técnico fixo, função nova que a diretoria quer implementar no clube.

Em conversa com o LANCE!Net na terça-feira, pouco depois do anúncio de Vanderlei Luxemburgo como novo técnico do Tricolor, o ex-jogador confirmou que existiram algumas sondagens, mas que nada era oficial ainda e revelou que desde que encerrou a carreira sempre quis trabalhar como treinador ou auxiliar.

- Sempre trabalhei visando isso, com esse objetivo. Seria uma honra trabalhar no Fluminense - disse.

E MAIS
> Vanderlei Luxemburgo terá uniforme personalizado no Fluminense
> Sócios do Fluminense geram receita de R$ 7 milhões no semestre

O novo técnico Vanderlei Luxemburgo levou Lopes Júnior para ser seu auxiliar, assim como Leomir era o principal escudeiro de Abel Braga. Após a demissão de Abelão, o Tricolor teve que chamar o técnico do sub-17, Marcos Valadares, para assumir o time diante do Cruzeiro, nesta quarta, mas Luxa acertou na terça e isso não foi necessário. Sobre trabalhar com o novo comandante, Marcão mostrou que quer aprender.

- Seria uma honra. A gente sempre tem o que aprender, o Luxemburgo é um grande treinador.

Marcão é um velho conhecido desse elenco. O volante costuma visitar os treinos e tem ótima relação com os jogadores, além de ter grande identificação com o clube e a torcida. Como treinador, Marcão já comandou o Bangu no Campeonato Carioca de 2011 e 2012. Depois, assumiu o Bonsucesso e trabalhou por último no River-PI.