icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/06/2014
11:27

O desempenho do time sub-23 do Fluminense durante o empate por 2 a 2 diante do Verona (ITA) na última terça-feira, no Estádio do Junco, em Sobral, no Ceará, foi elogiado pelo auxiliar técnico Marcão. O ex-jogador, que comandou os jovens na beira do campo no amistoso, evitou lamentar a derrota nos pênaltis, que valeu ao time italiano o troféu oferecido pela prefeitura da cidade cearense e enalteceu a coragem dos jogadores, que segundo ele jogaram de igual para igual.

- Minha impressão deste time foi a melhor possível. Enfrentamos uma equipe já ajustada, muito bem montada, que já está junta há um tempo e fez uma boa campanha em um campeonato duro como o Italiano. Nós juntamos a nossa molecada e não tivemos tanto tempo para preparar o time, mas fizemos um grande jogo. Nossos jogadores foram corajosos. Foram para cima mesmo e criaram muitas oportunidades - analisou, ao site oficial do clube, para em seguida apostar no aproveitamento dos garotos pelo técnico Cristovão Borges:

- Não tenho dúvidas em afirmar que muitos destes jogadores que atuaram aqui vão ajudar muito o Cristóvão na campanha do Brasileirão. Agora vai ter a parada para a Copa do Mundo. Vamos nos preparar muito para voltar ainda melhores na volta do campeonato - encerrou.

O próximo compromisso do Fluminense será no próximo domingo, em mais um amistoso. Mas desta vez, o time que entrará em campo será o principal e o adversário a seleção da Itália. A partida será disputada no Estádio Raulino de Oliveira, às 17h30, em Volta Redonda, e servirá como preparação da Azzurra para a Copa do Mundo.