icons.title signature.placeholder Gabriel Matturo
12/12/2013
14:32

Presença constante nos treinamentos do Fluminense, Marcão é querido pelos jogadores e está próximo de ser anunciado oficialmente como novo auxiliar técnico permanente do clube. O ex-camisa 5 já havia sido especulado para trabalhar no Tricolor em outras oportunidades e sempre deixou claro que gostaria de voltar a trabalhar no Fluminense. Perto de retornar, Marcão não esconde a felicidade e garante que está preparado para o novo cargo.

- Tenho que agradecer ao presidente Peter Siemsen pelas portas que abriu para mim dentro do Fluminense. Ele entendeu que o momento complicado pedia uma energia positiva. Dorival Júnior também tem meus agradecimentos, afinal, não é todo treinador que aceita uma situação como essa. Estive presente nos treinos para dar uma força, um aperto de mão, conversar com os mais jovens e passar a minha experiência como jogador do Fluminense. Estou muito feliz com a oportunidade que estou tendo. Ainda não está confirmado, mas sei que estou preparado para a função e trabalharei com muita alegria e satisfação - disse Marcão.

Assunto pertinente nos últimos dias do Fluminense, a possibilidade do Tricolor carioca permanecer na Primeira Divisão também tem frequentado a cabeça do ex-volante, que não vê problema em trabalhar no clube caso tenha que jogar a Série B em 2014.

- Defendi o Fluminense na Série C em 1999 só com a força e o apoio da torcida, então, independente da resolução do caso, vou procurar trabalhar da melhor maneira possível para ajudar o Flu. O clube já estava com a cabeça na Série B, mas pintou essa oportunidade e não podemos perder este tipo de situação. Todo mundo sabe que o Fluminense tem que ficar na Primeira Divisão. É um clube grande, de camisa, de peso. Sei que o ano foi ruim, mas o trabalho tem sido de reestruturação e, em 2014, será diferente - contou.

Marcão chegou ao Fluminense em 1999 e realizou 397 partidas com a camisa do Tricolor carioca, onde conquistou a Série C do mesmo ano, e os Campeonatos Cariocas de 2002 e 2005.