icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/11/2014
18:39

Como quase sempre acontece na maioria das provas de rua no atletismo, a Maratona de Nova York foi dominada por atletas quenianos neste domingo. Mas as atenções não ficaram somente sobre Wilson Kipsang e Mary Keitany, os campeões da prova. Quem também atraiu os holofotes foi a dinamarquesa Caroline Wozniacki.

A ex-número 1 do mundo no tênis feminino (atualmente ocupa a oitava colocação) encarou os 42,195 quilômetros da prova realizada nas ruas da cidade americana. A musa não só enfrentou o desafio como também conseguiu cruzar a linha de chegada. Ao concluir a competição, foi alvo dos fotógrafos e posou ao lado da também tenista Serena Williams, que não correu.

Wozniacki deciciu em junho deste ano que disputaria a Maratona de Nova York, e admitiu antes da largada que estava nervosa, já que era a maior distância que correria em toda a sua vida.

Wilson Kipsang celebra vitória na Maratona de Nova York (Foto: AFP)

Obviamente, a musa dinamarquesa ficou bem atrás dos campeões. Na prova masculina, Wilson Kipsang fez sua estreia em Nova York e terminou na primeira posição com o tempo de 2h10m55. A segunda e a terceira posição ficaram com dois etíopes, Lelisa Desisa (2h11m06) e Gebre Gebremariam (2h12m13).

Na competição feminina, Mary Keitany ficou em primeiro lugar com a marca de 2h25m07. Esta foi a primeira maratona dela desde a Olimpíada de Londres-2012. Na ocasião, ela terminou em quarto lugar e correu com um mês de gravidez.