icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/04/2014
11:07

Para garantir a classificação às oitavas de final da Copa Libertadores, o Flamengo depende apenas das próprias forças e, com uma combinação de resultados, pode até terminar a fase de grupos como líder do Grupo 7. Diante deste panorama, a torcida do Rubro-Negro promete lotar o Maracanã. No fim da noite de segunda-feira, os rubro-negros esgotaram os 52.474 ingressos destinados ao Fla para a partida diante do León, quarta-feira, às 19h45.

Desde o ano passado, na campanha da Copa do Brasil, o apoio do torcedor foi fundamental para a classificação da equipe para a competição sul-americana. E neste ano, a partida contra o León pode ser o maior público do ano. Com isso, o LANCE!Net listou alguns motivos para a torcida rubro-negra não reviver pesadelos como o do América do México, em 2008.

Apoio da torcida

Desde a reabertura do Maracanã, no meio do ano passado, quando o time precisou do apoio do torcedor, o Maracanã ficou lotado. Contra o Goiás, na semifinal da Copa do Brasil, 56.224 torcedores apoiaram o Flamengo. Na final, contra o Atlético-PR, cerca de 68 mil rubro-negros viram o time da Gávea sendo campeão.


Torcida foi em peso no Maracanã na partida contra o Emelec (Foto: Bruno de Lima/LANCE!Press)

Jayme de Almeida

No comando do Flamengo, o técnico Jayme de Almeida ainda não foi derrotado em partidas tidas como decisivas. Ainda por cima, nesta temporada, Jayme comandou o Rubro-Negro em 22 partidas, sendo 16 vitórias, três empates e apenas três derrotas. O treinador tem um aproveitamento de 77,2%.


Jayme tem um bom aproveitamento à frente do Flamengo (Foto: Bruno de Lima/LANCE!Press)

Melhor ataque

Terceiro colocado do Grupo 7, com sete pontos, o Flamengo é o time da chave com mais gols pró. Nas cinco partidas da Libertadores, o time de Jayme de Almeida marcou oito gols, um a mais do que a equipe mexicana. Destes, Cáceres marcou na estreia, contra o próprio León, Everton, Hernane e Elano fizeram contra o Emelec. Diante do Bolívar, Everton marcou mais duas vezes e, na última partida, contra o Emelec, Alecsandro e Paulinho fizeram os gols do jogo, que deram chances de classificação ao Fla.


Everton é o artilheiro do Fla na Liberta, com três gols (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)

Situação do rival

Mesmo ocupando a segunda colocação do grupo, também com sete pontos, o León está em uma situação bastante delicada no campeonato nacional. Em 12º na Liga Mexicana, o técnico Gustavo Matosas admitiu que está perto de deixar o clube, aumentando ainda mais a pressão contra o Flamengo. Além disso, o time do México ainda não conseguiu vencer fora de casa na competição continental. Empatou com o Bolívar e perdeu para o Emelec.


Na partida de ida, o Flamengo perdeu por 2 a 1 para o León (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)

Chances

Depois da derrota para Bolívar, em La Paz, as chances do Flamengo conseguir a classificação para a fase seguinte caíram bastante. Na ocasião, ainda como o último do grupo e restando duas rodadas, o Rubro-Negro tinha apenas 24% de chances. Porém, com a derrota do León para o Bolívar, e a vitória rubro-negra fora de casa sobre o Emelec, a probabilidade quase dobrou, chegando atualmente, a 47%.