icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/07/2013
02:06

A festa não para! Depois de festejar o título inédito da Copa Libertadores da América no Mineirão, os torcedores do Atlético-MG se espalham por Belo Horizonte para uma festa que deverá se alongar por toda a noite. Milhares de torcedores já se encontram na região de Lourdes, onde é localizada a sede oficial do clube, e na Praça Sete, no centro da cidade.

Tradicional local das comemorações, a Praça Sete já concentra um enorme mar alvinegro desde os primeiros momentos após a vitória nos pênaltis contra o Olimpia. Aproximadamente 30 mil pessoas já fecham as duas mais importantes avenidas de Belo Horizonte. A expectativa é de que os jogadores desfilem em carro de bombeiro até o local, mas a diretoria do Atlético-MG já descartou a ideia, alegando que ainda haverá uma festa compatível com o tamanho da torcida.

Os torcedores que esperam que Alexandre Kalil 'libere' a cerveja no ponto tradicional de BH, também podem descartar a ideia, já que o presidente não repetirá o feito, como fez durante os últimos títulos do campeonato estadual. As comemorações, contudo, no local e em todos os outros pontos da capital mineira deverão durar até o amanhecer.

Veja os gols do Galo campeão da Libertadores 2013

A festa não para! Depois de festejar o título inédito da Copa Libertadores da América no Mineirão, os torcedores do Atlético-MG se espalham por Belo Horizonte para uma festa que deverá se alongar por toda a noite. Milhares de torcedores já se encontram na região de Lourdes, onde é localizada a sede oficial do clube, e na Praça Sete, no centro da cidade.

Tradicional local das comemorações, a Praça Sete já concentra um enorme mar alvinegro desde os primeiros momentos após a vitória nos pênaltis contra o Olimpia. Aproximadamente 30 mil pessoas já fecham as duas mais importantes avenidas de Belo Horizonte. A expectativa é de que os jogadores desfilem em carro de bombeiro até o local, mas a diretoria do Atlético-MG já descartou a ideia, alegando que ainda haverá uma festa compatível com o tamanho da torcida.

Os torcedores que esperam que Alexandre Kalil 'libere' a cerveja no ponto tradicional de BH, também podem descartar a ideia, já que o presidente não repetirá o feito, como fez durante os últimos títulos do campeonato estadual. As comemorações, contudo, no local e em todos os outros pontos da capital mineira deverão durar até o amanhecer.

Veja os gols do Galo campeão da Libertadores 2013