icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/12/2013
22:45

De acordo com as contas do professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e membro da Academia LANCE!, Gilcione Nonato Costa, não só um time do Rio de Janeiro cairá à Série B de 2014 (Fluminense ou Vasco) como a chance de os dois jogarem a Segundona no ano que vem é de 60%.

A situação do Flu é a mais crítica de todas. O Tricolor tem, segundo os dados do matemático, 82% de chances de cair, visto que a equipe precisa vencer o Bahia na última rodada, em Salvador, e torcer para tropeços de Coritiba e Vasco para permanecer na elite do futebol. O Cruzmaltino vem logo atrás, com 79% de chances de ser rebaixado, mesmo com a vitória sobre o Náutico neste domingo, no Maracanã.

O Coritiba respira depois de derrotar o botafogo. O Alviverde chegou aos 45 pontos e deixou a zona de rebaixamento. Agora o Coxa depende apenas das próprias forças para se salvar. Na última rodada, o time paranaense enfrenta o São Paulo, em Itu, interior paulista. O time do Alto da Glória tem 34% de chances de disputar a Série B.

Criciúma (3%) e Internacional (1%) só caem com uma combinação improvável de resultados. Por conta do saldo de gols, de acordo com o professor Gilcione, a Portuguesa está salva da Segundona, assim como o Bahia, que venceu o campeão Cruzeiro e abandonou a probabilidade de cair.

No topo, Grêmio se garante

Depois de bater o Goiás, o Grêmio garantiu a vaga na Copa Libertadores. O Esmeraldino, que também compete por um lugar na Libertadores, ficou com 69,4% de chances de terminar entre os quatro - quem terminar na quarta colocação precisará secar a Ponte Preta na decisão da Copa Sul-Americana, contra o Lanús (ARG), para ir ao torneio internacional, algo que só se definirá após o fim do Brasileirão. O Atlético-PR, que saiu derrotado pelo Santos neste domingo, não tem tantos motivos para se preocupar. O Rubro-Negro ainda tem 93,4% de chances de encerrar a participação no pelotão de cima.

Para o Botafogo, depois da derrota para o Coxa no Couto Pereira, a Libertadores ficou distante. Ao Glorioso restam apenas 27,7% de chances para terminar no G4.  Já o Vitória, que bateu o Flamengo em Salvador, soma apenas 7,9% de chances de conseguir a ida à sua primeira Libertadores na história - sonhar não custa nada.

CONFIRA AS PROJEÇÕES MATEMÁTICAS

Classificação para a Libertadores:

Cruzeiro - campeão e classificado

Grêmio - classificado

Atlético-PR - 93,4%

Goiás - 69,4%

Botafogo - 28,8%

Vitória - 7,9%

Rebaixamento:

Náutico - rebaixado

Ponte Preta - rebaixada

Fluminense - 82%

Vasco - 79%

Coritiba - 34%

Criciúma - 3%

Internacional - 1%