icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/03/2014
17:49

O dia era para observar as opções que Enderson Moreira tem para substituir Zé Roberto na Libertadores. Dudu e Alán Ruiz até tiveram boas atuações, principalmente no primeiro tempo no Estádio do Vale. Mas não brilharam como brilhou a estrela do treinador e dos companheiros que estavam no banco de reservas. O Grêmio venceu o Pelotas por 3 a 0, com gols de Jean Deretti, duas vezes, e Everton, que entraram no segundo tempo, e garantiu a segunda melhor campanha geral do Gauchão. Mandará as quartas de final dentro da Arena. A partida marcou a aposentadoria do centroavante Sandro Sotilli, 41 anos, do Lobão, figura histórica da competição gaúcha.

O próximo confronto do Tricolor será na próxima quarta-feira, quando os titulares retornam para a disputa com o Newell's Old Boys, na Libertadores, em Rosário. No Gauchão, o duelo de quartas de final acontece no próximo domingo, contra o Juventude, na Arena. O Grêmio acabou a fase classificatória com 29 pontos e na liderança do Grupo B. O Pelotas já está rebaixado no Gauchão.

OPÇÕES POUCO FAZEM

O vestibular para a posição de Zé Roberto era o principal na partida, além da confirmação da classificação em primeiro lugar no Grupo B. Os minutos iniciais mostraram o meia Alán Ruiz e o atacante Dudu atrás da vaga. Maxi Rodríguez, outro postulante, veio mais atrás. A dupla criou as principais jogadas, principalmente o camisa 7, que cortou a marcação dentro da área e bateu forte aos 6 minutos.


O ritmo estava alto no início da partida. Léo Gago, Everaldo e Alán Ruiz tentaram chutes de longe. Sem sucesso. A pressão era intensa, com movimentação. O Pelotas pouco conseguiu passar do meio-campo.

Até a parada técnica. A partir de então, o jogo passou a ser mais sonolento. Ou apenas com a segunda parte da palavra: lento. O Tricolor continuou tentando apenas em jogadas de falta ou chutes de longa distância. Não conseguia penetrar na área e criar chances.

ENDERSON BRILHA

No segundo tempo, Enderson fez uma alteração ousada. Tirou o volante Matheus Biteco e entrou o atacante Everton, 17 anos. O garoto é alternativa de velocidade e nova promessa das categorias de base do clube.

Para o Pelotas, o jogo já não valia nada. Só marcaria a histórica última partida do centroavante Sandro Sotilli, 41 anos, figura folclórica do Gauchão. Ele foi substituído aos 11 minutos do segundo tempo e pendurou as chuteiras com uma atuação melancólica, sem chance de finalizar no gol de Tiago.

Logo depois, brilha a estrela de Enderson Moreira. O técnico sacou Maxi Rodríguez, de atuação ruim. Jean Deretti, que iniciou o Gauchão em alta, mas perdeu espaço, foi ao campo. Em jogada rápida pela direita, Tinga cobrou lateral para Everaldo, que perdeu na cara de Diego. No rebote, Deretti abriu o placar para confirmar a segunda melhor campanha do Gauchão e as decisões de quartas e semifinal na Arena.

Com a proximidade do fim da partida, as equipes saíram mais para o jogo. O Pelotas perdeu a chance de empatar aos 25. Wagner Libano recebeu lançamento após erro de passe de Tinga e emendou chute forte, na trave esquerda de Tiago. Dois minutos depois, Everton se infiltrou pela esquerda e deixou Everaldo livre na área para ampliar. O centroavante enquadrou o corpo e bateu colocado, mas Diego voou para espalmar.

Era, de fato, dia de Enderson e Jean Deretti. O meia recebeu lançamento de Everton, aos 34 minutos, e deu uma cavadinha para superar Diego e garantir de vez a vitória gremista. No minuto seguinte, Everton aparou rebote de Everaldo, que acertou a trave, para fazer o terceiro e liquidar o jogo

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 3 X 0 PELOTAS

Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)
Data-hora: 16/03/2014 - 16h
Árbitro: Márcio Coruja
Auxiliares: Rafael Alves e Sedenir Martins
Público/Renda: 1.878 (1.617 pagantes)/R$ 35.342,00
Cartões amarelos: Pedrão, Sandro Sotilli, Tiago Gaúcho, Mikael, Alex, Wagner Libano (PEL)

Gols: Jean Deretti - 16'/2°T (1-0), 34'/2°T (2-0), Everton - 35'/2°T (3-0)

GRÊMIO: Tiago; Tinga, Pedro Geromel, Bressan e Breno; Matheus Biteco (Everton - intervalo), Léo Gago, Maxi Rodríguez (Jean Deretti - 15'/2°T), Alán Ruiz e Dudu (Yuri Mamute - 36'/2°T); Everaldo - Técnico: Enderson Moreira.

PELOTAS: Diego; Michel, Pedrão (Mikael - 19'/2°T), Fred e Alex; Igor, Tiago Gaúcho, Jefferson Costa, Carlos Alberto e Mithyuê (Wagner Libano - 11'/2°T); Sandro Sotilli (Carlos Gato - 11'/2°T) - Técnico: Luiz Carlos Barbieri.