icons.title signature.placeholder Matheus Babo/RADAR
27/11/2014
13:43

O novo vive-presidente de futebol do Botafogo, Antônio Carlos Mantuano falou no início da tarde desta quinta-feira, no Engenhão, como membro da nova diretoria do clube, eleita nas eleições da última terça-feira. O dirigente, que juntamente com outros membros da nova gestão, teve uma reunião com jogadores e comissão técnica antes do treinamento desta manhã, afirmou ainda acreditar na permanência do time na Série A do Brasileirão.

Com o time precisando vencer suas duas últimas partidas no campeonato e ainda torcer por uma combinação de resultados para permanecer na primeira divisão, Mantuano não quis falar sobre a formação do elenco de 2015. Segundo ele, isso passará a ser discutido após a última rodada, dia sete de dezembro. Porém, o dirigente reafirmou a intenção da diretoria de manter o goleiro Jefferson.

- O Jefferson hoje é o nosso grande ídolo, quem conhece a história do Botafogo sabe que fomos à base da Seleção muitas vezes. Nos últimos anos ele é quem nos representa. Conversamos sobre um contexto geral. No dia 8 de dezembro todas essas perguntas serão respondidas com efetividade. Jefferson tem um comprometimento com o Botafogo desde a primeira passagem. Na primeira passagem dele, o Botafogo estava na Série B. O Jefferson é um grande botafoguense - disse Mantuano.

Eleito para presidir o Botafogo pelos próximos três anos, Carlos Eduardo Pereira não esteve presente na reunião desta manhã. O mandatário teve um compromisso que o impediu de participar do encontro no Engenhão. A nova diretoria tenta resgatar contato mais próximo com os atletas, coisa que nos últimos meses do mandato de Mauricio Assumpção não aconteceu, devido ao desgaste na relação entre ambas as partes, gerado principalmente pelos atrasos no pagamento dos salários. Mantuano afirmou que o futebol do clube estava abandonado e que o primeiro contato foi positivo para uma aproximação.

- Até brinquei com o Gottardo (diretor técnico) hoje, dizendo que ele estava bem mais leve. Essa aproximação da nova diretoria, foi fundamental. Até o semblante dos jogadores estava melhor. O treino foi bom. Você via a felicidade deles. O Mancini, os jogadores, estão felizes com o nosso apoio - destacou Mantuano.