icons.title signature.placeholder Gabriel Carneiro
22/07/2014
18:33

O técnico Mano Menezes surpreendeu e fechou parte do treino do Corinthians nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava. Na véspera da partida contra o Bahia pela ida da terceira fase da Copa do Brasil, os portões foram abertos uma hora após o horário comum, e os jogadores já realizavam apenas trabalhos em campo reduzido e de finalização. Antes disso, Mano Menezes comandou uma atividade tática e testou variações na equipe titular.

Três alternativas foram testadas por Mano Menezes no treino fechado: Anderson Martins no lugar de Cleber e os atacantes Romarinho e Ángel Romero substituindo Petros e Paolo Guerrero, segundo pessoas que acompanharam a atividade fechada para a imprensa. O peruano, inclusive, já não estava em campo quando a entrada dos jornalistas foi autorizada. Mas, de acordo com o clube, ele havia feito seus trabalhos normalmente e foi embora após o encerramento da atividade principal do dia. Em entrevista coletiva, Mano não confirmou os nomes, e falou apenas sobre as funções que pediu no treinamento.

- É mais difícil propor o jogo, por isso algumas equipes enfrentam dificuldades maiores. Todos estão em formação, e nós somos esse caso ainda, pois não há uma equipe totalmente definida e nem padrão. A coordenação final é muito difícil de conseguir e ainda não está no ponto de confiança e velocidade necessária. Por isso insistimos isso no trabalho de hoje (terça-feira) - disse Mano, afirmando que um dos problemas do Corinthians é o setor ofensivo.

- Nós temos um plantel de qualidade e em determinados momentos o melhor é o jogador o que está bem fisicamente, mas isso não é teste. Vou pensar no conjunto de jogos que temos, e até domingo é um conjunto forte. Um jogador pode entrar por render melhor, não por ser poupado - desconversou.

O Corinthians já entrou em campo duas vezes após a pausa do Brasileirão para a Copa do Mundo: vitória por 2 a 1 sobre o Internacional, na Arena Corinthians, e empate sem gols diante do Vitória, no Barradão. A partida pela Copa do Brasil antecede o Dérbi contra o Palmeiras, primeiro clássico do novo estádio de Itaquera. Apesar da expectativa pela partida em que não terá Jadson, suspenso, à disposição, Mano Menezes evita falar em "testes" contra o Bahia.

- Escalação amanhã (quarta-feira), 45 minutos antes do jogo, como sempre faço. Não podemos utilizar um jogo de Copa do Brasil como preparação para outro jogo. Queremos superar o Bahia, então não podemos estar pensando no Palmeiras. Na quinta-feira a gente começa a pensar no Palmeiras - disse.

Mesmo testando variações, Mano deve levar a campo o mesmo time das duas primeiras rodadas do Brasileirão. Em coletiva, ele até mencionou que seria "precipitado" escalar Anderson Martins sendo que o Timão tem uma das melhores defesas do torneio. Assim, a escalação contra o Bahia, pela Copa do Brasil, deve ser a seguinte: Cássio, Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias, Petros e Jadson; Luciano e Guerrero.