icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese e Rodrigo Vessoni
25/04/2014
08:04

Mano Menezes discorda veementemente daqueles que citam suas passagens por Seleção Brasileira e Flamengo como exemplos de fracasso antes do acerto com o Corinthians, onde conquistou três títulos e trabalha desde janeiro.

Em entrevista exclusiva ao LANCE!Net, o treinador evitou dar detalhes sobre o trabalho desenvolvido na Gávea, mas não escondeu que o resultado não foi aquele que esperava. Mano, porém, fez questão de dissociar os dois últimos trabalhos.

- Estou aprendendo muito no Corinthians neste momento, aprendi muito na Seleção, me deixou muito mais maduro e exigente como profissional. Para atender uma exigência maior, você precisa se preparar mais. O Flamengo foi um trabalho muito peculiar, muito particular, e foi muito rápido. A passagem pelo Flamengo foi uma passagem que eu diria que o trabalho não foi bom. Diferentemente da Seleção, que eu fiz um bom trabalho, que não teve uma sequência porque as pessoas não quiseram - afirmou.

Corinthians e Flamengo se enfrentam neste domingo, às 16h, no Pacaembu. A partida será especial para o atual clube de Mano Menezes, já que marcará a despedida oficial do estádio, que será passado assim que a arena em Itaquera estiver pronta.

Para o treinador, passado e presente se encontrarão no estádio municipal, o mesmo palco onde no último dia 1º de setembro sofreu uma das maiores goleadas de sua carreira no comando do Rubro-Negro, ao perder do Corinthians por 4 a 0.

- Sem dúvida, será uma ocasião especial. Jogos grandes, com essas equipes, sempre vão ser jogos especiais. Você está se despedindo de uma casa que por muito tempo foi sua casa, vai ter um significado muito especial. Vamos tentar transformar isso em força, que a equipe tenha agregada a ela mais esse ingrediente - finalizou.

Mano pede calma na reformulação e prevê título próximo