icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/07/2014
08:02

O momento crítico do futebol brasileiro foi escancarado com o vexame que a Seleção sofreu na semifinal da Copa do Mundo. Porém, deve se tirar algo de bom da derrota por 7 a 1 contra a Alemanha. Ex-técnico do Brasil e atual comandante do Corinthians, Mano Menezes fez duras críticas ao sistema atual de formação de atletas no Brasil e afirmou que o jogador brasileiro está abaixo tecnicamente dos rivais.

- Nós sabemos exatamente quais são nossos problemas, nós não queremos é resolvê-los. Ou não temos gente capacitada, com conhecimento para entender qual caminho devemos escolher para resolvê-los. O que falta ao futebol brasileiro é isso, aí certamente teremos continuidade de treinadores, formação melhor de jogadores, que caiu bastante. Hoje nosso jogador, tecnicamente, está de nível inferior - disse, à TV Esporte Mais.

Mano comandou o Brasil por 33 jogos. Deles, venceu 21, empatou seis e perdeu outras seis, com aproveitamento de 69,69%. Marcado por lançar Neymar à Seleção, pois foi o primeiro técnico a convocar o camisa 10, o treinador elogiou a administração do futebol europeu.

- Nós dominamos pior, passamos pior e as pessoas confundem malabarismo com a bola com habilidade para jogar futebol. Isso é outra coisa. Hoje a gente vê que o futebol europeu faz tudo melhor que a gente. Ainda temos o drible, a capacidade individual pura do jogador, ainda temos, mas não estamos sabendo desenvolver como antes e por isso estamos ficando para trás - sentenciou.