icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/11/2014
08:03

Enfrentar o Cruzeiro, líder do Brasileiro, em pleno Mineirão, não é uma tarefa fácil. Consciente disso, o técnico Vagner Mancini optou por manter uma formação com três volantes, mas com um time capaz de sair nos contra-ataques, pois, atuando em casa, o Cruzeiro vai partir para cima desde o primeiro minuto, neste domingo.

O meio de campo será formado por Gabriel, Andreazzi, Bolatti – todos na cabeça de área – e Carlos Alberto mais à frente. Este último, aliás, pode até fazer o papel de atacante em alguns momentos.

A tática já deu certo nos jogos contra Corinthians e Flamengo, nos quais o Glorioso saiu vencedor ao adotar uma postura mais fechada, sem dar muitos espaços para os adversários, segundo o próprio treinador.

– Os jogos contra Flamengo e Corinthians servem como base. O time mostrou-se concentrado e teve domínio da partida, saiu na frente. Dentro do Mineirão, a equipe vai ter que se desdobrar em campo. Essa superação tem que ser desenvolvida nos treinos. O jogador tem que aceitar a forma de jogar, diferente, esperando o erro do outro time, o que tem nos trazido bons resultados – comentou Mancini.

O atacante Murilo foi outro a falar da postura do Botafogo na partida contra o Cruzeiro. O meia-atacante, que fará a sua estreia como titular pelo Glorioso, admitiu que a equipe deve jogar recuada, à espera de oportunidades para atacar.

– Precisamos pontuar e primeiro vamos com a obrigação de não levar gol. Iremos nos defender e sair no contra-ataque. Queremos pontuar para o time respirar um pouco na tabela – frisou.

O Glorioso é o 17° colocado na tabela do Campeonato Brasileiro, na zona de rebaixamento, com 33 pontos em 31 partidas.