icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/07/2014
07:03

Símbolos da ainda tímida reação do Botafogo neste Campeonato Brasileiro, o agora meia Edilson e o atacante Emerson estarão de volta ao time no clássico contra o Flamengo, no domingo, no Maracanã. A dupla cumpriu suspensão na última rodada – punidos pelo Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) após confusão na derrota de 2 a 1 sofrida diante do Grêmio. Sheik, porém, já não joga desde a vitória sobre o Palmeiras, por 2 a 0, no dia 28 de maio, no Prudentão (SP). Outra boa notícia para o técnico Vagner Mancini é que o meia Carlos Alberto – poupado contra o Coritiba, por cansaço muscular – também deve ser liberado para o jogo.

A volta do trio animou os outros jogadores. Para o zagueiro Bolívar, trata-se de um “acréscimo”.

– É algo muito bom, já que são jogadores que dão um acréscimo grande à nossa equipe. Eles vinham numa crescente. Infelizmente, Edilson não pôde atuar (contra o Coxa). Já o Emerson faz a diferença lá na frente, e o retorno do Carlos Alberto vai ser importante – disse.

Companheiro de ataque de Sheik, Zeballos também celebrou a volta do camisa 7 ao time do Glorioso.

– É um jogador muito bom, importante por tudo o que representa. Vai nos ajudar muito, pois é um clássico, Estará de volta para nos ajudar a vencer, é o que queremos – comentou.

Sheik é o artilheiro da equipe no Brasileiro, com quatro gols, enquanto a entrada de Edilson, no meio-campo, coincide com a evolução do time. Motivos suficientes para o técnico Vagner Mancini se empolgar.

– Esses jogadores darão ao time uma cara diferente. Os adversários respeitam muito – disse Mancini.