icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
06/11/2014
12:39

 A expulsão do técnico Vagner Mancini contra o Cruzeiro, no último domingo, pelo Brasileiro, ainda está rendendo. Na súmula da partida, foi relatado que o treinador chamou o quarto árbitro Emerson de Almeida Ferreira para a briga. Porém, o comandante alvinegro negou essa versão e ainda relevou que a arbitragem pediu camisas do Botafogo antes da partida.

- Não é verdade. Eu queria falar com o quarto árbitro, mas ele me ignorava e mandou me expulsar. Então, depois da expulsão, eu disse pra ele: 'Vamos nos entender lá dentro do vestiário, quando você for pegar as camisas que pediu antes do jogo. Quero ver se você vai ter cara de ir lá'. Não foi uma ameaça – garantiu Mancini ao blog Extracampo, do jornal Extra.

Vagner Mancini afirmou que sete camisas seriam dadas pelo Botafogo para a arbitragem, mas que ninguém apareceu no fim do jogo para pegar.

O Botafogo está na zona de rebaixamento do Brasileirão, na 18ª posição, com 33 pontos. A próxima partida do Alvinegro na competição será contra o Atlético-PR, neste sábado, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.