icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/11/2014
21:00

O técnico Vagner Mancini se defendeu da expulsão na partida contra o Cruzeiro, neste domingo, no Mineirão. O time da casa já vencia o jogo por 2 a 0 quando o treinador alvinegro começou a reclamar de uma falta da Raposa supostamente não marcada. O comandante do Glorioso discutiu com o quarto árbitro Emerson de Almeida Ferreira, mas garante que não se exaltou.

- Não falei nada fora dos padrões e quem estava ali perto sabe disso. Então, é óbvio que fico chateado - disse o treinador, que não soube precisar se a expulsão dele foi determinante para a derrota do Botafogo, por 2 a 1.

- Difícil dizer se teve algum tipo de influência (no resultado). Claro que lugar de treinador é ao lado do time. Essa foi a minha segunda expulsão em 10 anos, sempre tento respeitar a arbitragem - comentou.