icons.title signature.placeholder Rodrigo Ciantar
25/04/2014
18:42

O nome do atacante Emerson Sheik apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no início da noite desta sexta-feira, e o jogador poderá fazer a estreia com a camisa do Botafogo na partida de domingo, contra o Internacional, no Maracanã, às 16h.

Pouco antes da regularização de Sheik ser confirmada, o técnico Vagner Mancini explicou o porquê da opção por ele e o paraguaio Zeballos como dupla de ataque diante do Colorado. E avisou que o camisa 7 não terá condições de atuar os 90 minutos do confronto, pedindo calma para a torcida já que Emerson não atua desde o dia 9 de março, quando o Corinthians foi derrotado pelo São Paulo por 3 a 2, pelo Campeonato Paulista.

- Não podemos jogar um peso excessivo em cima de um atleta que tem uma semana de clube. Ele tem um histórico excelente e uma carreira fantástica, mas não é o salvador da pátria. Temos de saber usá-lo. Ainda não está no ponto ideal, mas sem jogar não vai chegar nesse ponto. A tendência é que ele jogue 50 minutos, depois 70 e aí sim os 90 - afirmou Mancini.

O treinador do Glorioso aproveitou para elogiar a postura do atacante de 35 anos nos vestiários alvinegros:

- O Emerson não é importante só dentro de campo. Ele faz ponderações no dia a dia e temos nos ajudado bastante. É um jogador que ganhou tudo nos últimos cinco anos.

Antes da estreia, Sheik manda ver em treino do Botafogo