icons.title signature.placeholder Alexandre Braz
16/07/2014
13:48

Na opinião de Vagner Mancini, a preparação do elenco do Botafogo durante a Copa do Mundo esteve próxima da perfeição. Segundo o treinador, o time está pronto para recomeçar no Campeonato Brasileiro em bom nível. O principal dificultador para o trabalho dos jogadores, de acordo com o comandante, foi o fato de o Engenhão ter sido cedido à Fifa para que algumas seleções que disputaram o Mundial pudessem treinar. Entretanto, o técnico garantiu que o Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (Cefan) conseguiu atender às necessidades da comissão técnica neste período.

- Talvez não tenha sido o ideal, não estávamos em nossa casa (o Engenhão, que estava cedido à Fifa), e a locomoção para treinos em dois períodos ficou difícil. Mas chegamos a 90% de tudo que pensávamos em fazer. O Cefan tentou nos atender ao máximo, e fica nosso agradecimento. Acho que o time teve um ganho bem grande em todos os aspectos, estamos mais fortes do que antes. Com certeza a segunda parte do Brasileiro vai ser melhor do que a primeira. Uma arrancada nos faria sonhar com a parte de cima da tabela. Hoje, podemos exigir mais dos jogadores, tanto de entrega quanto de futebol - disse Mancini, em entrevista coletiva, nesta terça.


E MAIS
> Mancini admite que esperava mais reforços no Botafogo
> Carlos Alberto ficará como opção para os jogos contra Sport e Coritiba
> Sem condições de pagar R$ 100 mil para Rogério, Náutico dificultou liberação do atacante
> Botafogo é derrotado na semifinal do Carioca de Basquete

L!TV:
> Rogério revela ansiedade em jogar pelo Botafogo


O time alvinegro entra em campo nesta quarta-feira, às 19h30, em Recife, na Ilha do Retiro, diante do Sport. A principal preocupação de Mancini neste período de inatividade foi recondicionar o elenco fisicamente, principalmente depois da chegada do preparador físico Moraci Sant'anna. Outra preocupação do treinador é o fato de o elenco estar com salários atrasados.

- Atrapalhou sim, não tem como fugir desse problema. Isso nos assombra, tem sido o que gera desconforto no elenco. Estamos tentando fazer com que entendam que, embora estejam no direito deles, precisamos treinar e jogar. A diretoria está em busca de solução e eu não posso deixar meus jogadores caírem o nível de concentração porque isso se reflete nos jogos - disse.

O Botafogo está definido para enfrentar o Sport com: Andrey, Lucas, Bolívar, Dória e Junior Cesar; Airton, Bolatti, Zeballos; Wallyson, Mamute e Emerson Sheik. Com nove pontos, o time ocupa a 13ª colocação na tabela de classificação do Brasileirão.


Botafogo treinou no Cefan durante a pausa para a Copa (Foto: Paulo Sergio/LANCE!Press)