icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/06/2014
12:17

Paolo Maldini. O eterno capitão do Milan, ex-craque da seleção Italiana e considerado um dos maiores zagueiros de toda a história do Futebol, gostou da estreia da seleção de seu país e está satisfeito com a nova filosofia italiana.

A vitória da Itália por 2 a 1 sobre a Inglaterra na Arena da Amazônia, pelo Grupo D da Copa do Mundo, agradou o jogador que já disputou três Copas do Mundo (1990,1994,1998 e 2002) e em entrevista ao jornal italiano La Gazzetta dello Sport, afirmou a sua confiança na filosofia de jogo do técnico Cesare Prandelli e em seu ex-companheiro, Andrea Pirlo.

- Prandelli fez um raciocínio muito simples: a qualidade do futebol que fazem jogadores de qualidade, especialmente no meio-campo e, em seguida rodar a bola com Pirlo, que é a chave, especialmente se estiver Balotelli em um dia inspirado. disse o ex-zagueiro.



Novo DNA

Ao ser perguntado sobre a nova filosofia do futebol italiano, no que diz respeito também a um novo DNA, Maldini reafirmou a importância do jogo inteligente que Prandelli implantou na Azzurra.

- Contra a Inglaterra, eu vi uma maneira de jogar de forma inteligente e, talvez, também adaptado para o clima. Para mim, não é exagero dizer que cada vez mais o futebol italiano vai se tornando mais moderno. Só porque nós sabemos defender também não podemos ser modernos? E graças a Deus sabemos defender. Vejo muitas equipes nessa Copa do Mundo que atacam muito bem, mas na defesa vão mal. - afirmou Maldini.

Costa Rica, a surpresa do Grupo D

A Itália enfrenta a Costa Rica, seu próximo adversário pelo Grupo D. Os costarriquenhos derrotaram o Uruguai por 3 a 1 e também ''aprontar'' para cima da tetracampeã mundial. O jogo acontecerá na próxima sexta-feira, ás 13h, na Arena Pernambuco.