icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/02/2015
18:05

O esquema de segurança para o Majestoso não irá sofrer ajustes em relação ao que se faz tradicionalmente em clássicos paulistas. Foi isso que ficou definido após reunião do 2º Batalhão de Choque da Policia Militar na última sexta-feira, segundo noticiou a Folha de S.Paulo deste sábado. O fato de ser um duelo inédito entre os rivais Corinthians e São Paulo na Libertadores, mais importante interclubes do continente, não foi visto como fator de aumento do risco pelas autoridades. 

A partida acontecerá na próxima quarta-feira, às 22h, na Arena Corinthians. A expectativa é que o jogo bata o recorde de público em partidas do Timão, superando a marca de 40 mil espectadores (o maior até agora é do jogo contra o Criciúma, no dia 6 de dezembro pelo Brasileirão, quando 38.044 pessoas pagaram ingresso). 

O tema da segurança está na ordem do dia após a polêmica que envolveu o clássico Palmeiras x Corinthians, no último domingo, quando a Federação Paulista, atendendo a pedido do Ministério Público, decidiu por torcida única e depois recuou após ameaça do Alvinegro de não entrar em campo. No dia da partida, cenas de violência aconteceram, em especial em confronto entre torcedores do Palmeiras e a Policia Militar nas imediações do estádio.