icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/06/2014
10:50

Surpresa. Essa é a palavra que define a Costa Rica nesta Copa do Mundo. Com gols de Joel Campbell, Óscar Duarte e Marco Ureña, a equipe costarriquenha venceu o Uruguai, que mesmo saindo na frente no Castelão, com Cavani, não suportou a pressão de Los Ticos e foi derrotado por 3 a 1.

A equipe do técnico Jorge Luis Pinto quer continuar surpreendendo. Sua seleção enfrenta a Itália, outro adversário de renome, na Arena Pernambuco, no dia 20 de junho, às 13h e Jorge Luis pretende seguir o planejamento feito para cada adversário do Grupo D e a bola parada da Itália é uma coisa que preocupa. Apesar da arma italiana, o comandante está concentrado para repetir a boa partida.

- Estamos preparados. Contra o Uruguai, já tivemos de ter o cuidado com a bola parada. Com a Itália também será assim. Estaremos atentos - resume.

Ídolo confiante

Além de Jorge Luis, Wanchope, ídolo e ex-craque do futebol costarriquenho, também prega otimismo e crê em uma boa apresentação diante da Azzurra.  

- É a mesma precaução que tivemos contra o Uruguai. Sabemos que (a bola parada) é o ponto forte deles, então vamos tratar de não fazer muitas faltas e cercar bem nossa área, por razões óbvias. Somos capazes disso. Vamos trabalhar e confiar nos jogadores - diz.



Cuiado com Pirlo 

A Itália está bem servida. Pirlo, ''um dos melhores do mundo'' batendo falta, preocupa Keylor Navas. O jogador reconhece a qualidade do meio-campo da Juventus, mas prega uma boa comunicação para não haver problemas.

- Temos de conhecer todos os jogadores e estar preparados para fazer um jogo inteligente e bonito. Eles possuem alguns dos melhores jogadores do mundo, então conhecemos a maneira que atuam. Será preciso ter uma boa comunicação com os companheiros para sabermos de que forma lhes causar dano - analisa.

Ainda pelo Grupo D

No outro jogo do Grupo, Inglaterra e Uruguai fazem um duelo decisivo para o rumo de suas seleções. A partida acontece na próxima quarta-feira, ás 16h, na Arena Corinthians e quem perder, decretará a sua eliminação nesta Copa do Mundo. A seleção inglesa foi derrotada pela Itália (2 a 1) e aposta na juventude de sua seleção para seguir viva na competição. Já a Celeste perdeu para a Costa Rica (3 a 1) e a volta de Luis Suárez pode ser um trunfo. Além de ser o craque de Uruguai, o jogador atua na Inglaterra e conhece muito bem cada jogador do seu próximo adversário.