icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/04/2014
09:11

Campeão de quase tudo no histórico recente do vôlei, o Sada Cruzeiro tenta agora vencer a Superliga Masculina, única conquista que resta à equipe nestes últimos meses. E segundo o levantador e capitão William Arjona, o segredo desta boa sequência da equipe está na manutenção da estrutura do grupo.

- Manter a base do time, na minha opinião, sempre foi o ponto mais positivo. Jogadores novos chegam e é mais fácil de incorporar a filosofia que já temos no grupo. Tem sido assim no Sada Cruzeiro e os resultados estão aí para confirmar - falou William, de 34 anos.

Antes de chegar à decisão da Superliga, o Sada Cruzeiro foi tetracampeão mineiro, campeão mundial, sul-americano e também da Copa Brasil. Todos estes títulos vieram após o segundo semestre do ano passado.

Vale lembrar que no ano passado, a equipe mineira também foi à final da competição, mas perdeu a final para o RJX, no Maracanãzinho. Em 2011/2012, o time celeste foi campeão sobre o Vôlei Futuro.

A final desta temporada será contra o Sesi-SP. O jogo está marcado para o próximo domingo, às 10h, no Mineirinho.