icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/03/2014
14:17

Quando o assunto é Éverton Ribeiro, o torcedor do Cruzeiro logo pensa em dribles, criação de jogadas e gols. O meia-atacante, além das qualidades ofensivas, se destaca em outro quesito: a marcação. Ele detém o melhor número de desarmes dentre os homens da linha de frente da equipe.

Se somadas as aparições do craque nas duas edições do Campeonato Mineiro que disputou, Copa do Brasil, Brasileirão e Libertadores, ele se destaca defensivamente com 88 roubadas de bola. Os números do apoiador são semelhantes aos de um defensor. O lateral-direito Mayke detém a marca de 89, por exemplo.

A qualidade na marcação não é uma novidade na carreira de Éverton Ribeiro. Quando defendeu as cores do Coritiba, em 2012, ele se destacou neste quesito. Nos três principais torneios do ano – Copa do Brasil, Brasileiro e Sul-Americana –, ele efetuou 66 roubadas de bola em 39 partidas.

Willian é o segundo colocado dentre as peças do setor ofensivo cruzeirense. O atacante desarmou os adversários em 63 oportunidades. Ricardo Goulart é o terceiro com 57 e Luan o quarto com 36 roubadas de bola.

Desarmes dos atletas da linha de frente:
88 desarmes – Éverton Ribeiro
63 desarmes – Willian
57 desarmes – Ricardo Goulart
36 desarmes – Luan
31 desarmes – Borges
25 desarmes – Dagoberto
22 desarmes – Élber