icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/06/2014
20:04

De um lado, uma Alemanha com três títulos mundiais e sete finais de Copa do Mundo no currículo. Do outro, uma Argélia que chega pela primeira vez nas oitavas de final e causou surpresa a todos ao conseguir avançar à segunda fase. É com essa disparidade no favoritismo que as duas seleções duelam nesta segunda-feira, às 17h, no Beira-Rio, em Porto Alegre, em busca da vaga nas quartas de final.

Para o duelo contra os argelinos, a Alemanha terá apenas um desfalque: o atacante Lucas Podolski, reserva nos dois primeiros jogos, mas titular no último, sentiu uma lesão e está fora da partida. Caso avance às quartas de final, a tendência é que ele retorne ao time.

Com a ausência de Podolski, a tendência é que Götze ou Klose comecem jogando. O primeiro, mais jovem e titular nas duas primeiras partidas, larga na frente na disputas. De todo modo, o camisa 11, mesmo que comece no banco, deve ser utilizado ao longo da partida.

História a Argélia ja fez chegando nas oitavas de final. Cada vitória é comemorada durante toda a madrugada da capital Argel. Mas se engana quem pensa que os africanos estão satisfeitos com o desempenho. Cientes da dificuldade que terão ao encarar a Alemanha, os jogadores veem o desafio de forma positiva. As mensagens de jogadores como Bentaleb e o craque do time, Feghouli, foram de confiança. Mais que isso, só o zagueiro Halliche, que terá a missão de acompanhar Müller, artilheiro da seleção europeia com quatro gols:

- Será um jogo difícil. A Alemanha tem experiência neste tipo de partida, mas nós não temos nada a perder. Vamos lá para jogar tudo o que temos. Por que não fazer uma coisa bonita no Beira-Rio?

FICHA TÉCNICA

ALEMANHA X ARGÉLIA

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data/Hora: 30/6/2014 – 17h
Árbitro: Sandro Meira Ricci (BRA)
Auxiliares: Emerson de Carvalho (BRA) e Marcelo Van Gasse (BRA)

ALEMANHA:  Neuer, Boateng, Mertesacker, Hummels e Höwedes; Lahm, Schweinsteiger (Khedira) e Kroos; Özil, Müller e Götze (Klose). Técnico: Joachim Löw.

ARGÉLIA: M'Bolhi; Mandi; Halliche, Bougherra e Mesbah; Medjani, Bentaleb, Feghouli, Brahimi e Djabou; Slimani.  Técnico: Vahid Halilhodzic.