icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/11/2013
18:06

Depois de Paulo Henrique Ganso usar a reação da seleção da França como exemplo, outro jogo é lembrado pelos jogadores do São Paulo para servir de motivação para o duelo com a Ponte Preta, quarta-feira, em Mogi Mirim - válido pela semifinal da Copa Sul-Americana. Dessa vez, uma partida do próprio clube: a surpreendente vitória sobre o campeão brasileiro Cruzeiro, por 2 a 0, dentro do Mineirão.

- Antes do jogo com a Ponte Preta, todos apontavam que o São Paulo ia ganhar. Futebol se resolve dentro de campo. Lembro que quando a gente foi jogar contra o Cruzeiro falaram que a gente iria tomar uma surra lá. Fomos e ganhamos a partida - recordou o meia Maicon.

Naquela ocasião, o São Paulo estava em situação delicada no Campeonato Brasileiro e o Cruzeiro embalado por uma grande sequência de bons resultados. Luis Fabiano e Rogério Ceni não jogaram, mas o Tricolor venceu com gols de Reinaldo e Douglas.

O São Paulo perdeu por 3 a 1 para a Macaca na semana passada, dentro do Morumbi. Agora, para se classificar para a final da Copa Sul-Americana, o time precisa vencer por três gols de diferença. Se o placar se repetir, a decisão irá para os pênaltis. Vitória por dois gols de diferença, a partir de 4 a 2, dá a vaga ao Tricolor.

Maicon lamenta derrota para Ponte, mas crê em classificação