icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/11/2014
15:57

No duelo de Rubro-Negros do final de semana, o Sport conseguiu uma vitória apertada por 1 a 0, fora de casa, contra o Atlético-PR. Mas a história poderia ter sido diferente não fossem as mãos salvadoras do goleiro Magrão, que defendeu pênalti cobrado por Cléo. O arqueiro comemorou o feito.

- Naquele momento estávamos vencendo o jogo e todo grupo estava correndo demais. Acho que não merecíamos sofrer o empate. Ali, fui muito feliz e pude ajudar o grupo. Foi especial por ter sido o vigésimo. É uma marca importante para mim - afirmou o goleiro, lembrando que essa foi a vigésima penalidade defendida na carreira.

Depois da defesa de Magrão, o Leão conseguiu segurar o resultado na Arena da Baixada, foi a 44 pontos no Campeonato Brasileiro e manteve a 12ª  colocação na tabela. O Furacão caiu um posição, agora é o décimo colocado na classificação, com 46 pontos.

O próximo compromisso do Sport na competição nacional é contra o Palmeiras, às 22h de quarta-feira, na estreia da nova arena palmeirense, a Allianz Parque, que já está com os ingressos esgotados para a partida.