icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
03/02/2015
22:18

O Macaé Basquete segue fazendo história na atual temporada do NBB. O time comandado pelo técnico Léo Costa superou, nesta terça-feira, o Uberlândia, em Uberlândia, por 79 a 72, e avançou bem na tabela de classificação da temporada.

Com oito vitórias em 20 jogos disputados (40% de aproveitamento), a equipe representante do Rio de Janeiro subiu para a décima primeira colocação na tabela de classificação, superando seus adversários diretos, o Brasília e o próprio time de Uberlândia, e ficando cada vez mais perto de avançar para os playoffs, feito que seria inédito na história do clube.

O ala do Macaé, Márcio Dornelles, foi o cestinha do jogo com 18 pontos, seguido pelo armador norte-americano Jamaal Smith, que anotou 16. Essa foi a mesma pontuação do principal destaque do Uberlândia, o pivô também americano, O’Neal Mims.

Com o resultado, o time mineiro teve sua sequência de três jogos invictos encerrada e também saíram da zona de classificação para os playoffs, com uma campanha de sete triunfos em 20 jogos (35%).

MACAÉ ENCERRA SEQUÊNCIA DO UBERLÂNDIA

Os donos da casa começaram o jogo com a mão quente. Foram quatro bolas de 3 pontos logo no primeiro quarto, situação que deixou o Macaé Basquete com a liderança durante toda a etapa inicial. Do outro lado, o Uberlândia não teve um bom início de partida, principalmente, no setor ofensivo, permitindo que o time do Rio de Janeiro abrisse 20 a 14 nos primeiros 10 minutos.

O time mineiro acertou o ataque e equilibrou o jogo no segundo quarto. Com uma cesta do ala Vinicius Teló, o Uberlândia virou a partida (23 a 22). Porém, a liderança durou pouquíssimo tempo, pois o Macaé recuperou a frente do placar e foi para o intervalo vencendo por 30 a 29.

As bolas de fora voltaram a cair pelo lado do Macaé Basquete, mas, dessa vez, o Uberlândia também teve bom desempenho ofensivo e o jogo ganhou em qualidade. O trabalho coletivo dos mineiros fez a diferença, sendo que sete atletas pontuaram na terceira etapa.

As duas equipes trocaram a liderança por algumas vezes no quarto, mas os donos da casa foram capazes de suportar a pressão do adversário mineiro e segurar a dianteira do placar até o final da etapa (51 a 49).

Ambas as equipes entraram para o último período com a confiança lá em cima, mas um jogador em especial, aproveitou para fazer a diferença. O experiente ala Márcio Dornelles não errou na quarta etapa, anotou 12 pontos e ajudou demais o Macaé Basquete a abrir uma pequena diferença nos momentos finais e não deixar que o adversário encostasse mais no placar.