icons.title signature.placeholder Bruno Braz
01/11/2013
17:36

Se os últimos três treinamentos realizados no Rio de Janeiro, por segurança, foram com portões fechados, sem presença de torcedores e até associados em São Januário, em Macaé o clima é bem mais tranquilo. Na tarde desta sexta-feira, o técnico Adilson Batista liberou a entrada da torcida para acompanhar à atividade do time, no Moacyrzão.

Os torcedores entraram no estádio por volta das 17h, assim que o treinamento teve início. Em clima de paz, um grupo de cerca de 40 pessoas, algumas trajando camisas de organizadas do clube, acompanham à atividade sem protestos ou críticas aos jogadores.

O Vasco tem tomado todos os cuidados por conta dos recentes protestos da torcida. Um em São Januário, com invasão de torcedores a São Januário, o outro ocorrido no aeroporto Santos Dumont, no último domingo, com direito a ovada no zagueiro Renato Silva.

Pouca procura por bilhetes em Macaé

A expectativa para este sábado é de casa cheia no Moacyrzão para a partida entre Vasco e Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro. Mas a movimentação na cidade por ingressos, até o momento, tem sido pequena.

Nesta sexta-feira, véspera do jogo, por exemplo, apenas pouco mais de 500 ingressos foram comercializados no guichê do estádio. Mesmo assim, um grande número de vascaínos deverá preencher a arquibancada do Moacyrzão. Algumas organizadas do clube estão até promovendo caravanas.