icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/06/2014
16:36

Em meio aos jogos da Copa do Mundo do Brasil, Lyoto Machida finaliza sua preparação para a disputa de cinturão dos médios que acontece no dia 5 de julho, em Las Vegas, pelo UFC 175, contra Chris Weidman. Mas o carateca vem dando seu jeito para acompanhar o desempenho da Seleção Brasileira no maior evento esportivo do planeta sem faltar com a rotina de camp.

Nesta segunda-feira, o brasileiro teve sua rotina acompanhada pela equipe do UFC Brasil e mostrou como alinha seus treinamentos com o lazer para poder assistir aos jogos do Brasil.

Após o treinamento da manhã, todo realizado na Kings MMA, academia liderada pelo mestre Rafael Cordeiro onde Fabricio Werdum também treina, Machida rumou para casa onde, segundo ele, não há o famoso churrasco por conta da dieta para o combate pelo título. O brasileiro ficou só no macarrão enquanto assistia a apresentação do time tupiniquim durante a vitória por 4 a 1 contra Camarões.

- Tenho de priorizar meu treinamento, pois tenho a Copa do MMA aí no dia 5 de julho. Perdi o primeiro tempo, mas consegui vibrar um pouco com o segundo tempo na vitória do Brasil. Espero que o brasil continue crescendo na Copa do Mundo, o Brasil tem essa tradição. Mas jogo é jogo, assim como luta é luta. Tudo pode acontecer. Mas acredito que o Brasil não terá tanta dificuldade contra o Chile. O Brasil vai passar e depois, mais na frente, vão aparecer os adversários mais complicados - analisou o lutador, devidamente uniformizado.

O duelo entre Lyoto Machida e Chris Weidman é a luta principal do UFC 175, que acontece no dia 5 de julho, em Las Vegas. O show será a chance do brasileiro recuperar um título para o Brasil, já que Renan Barão perdeu seu cinturão para TJ Dillashaw e agora apenas José Aldo é brasileiro e dono de um título da franquia. O UFC 175 ainda conta com a disputa de título entre a campeã Ronda Rousey e a desafiante Alexis Davis.