icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
21/08/2015
17:51

O técnico Vanderlei Luxemburgo fraturou o osso metacarpo da mão esquerda após queda em decorrência do encontro com o jogador Dudu do Palmeiras. O fato ocorreu no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. O atleta do time paulista se desequilibrou depois de uma dividida com o volante Charles do Cruzeiro e acabou se chocando com o treinador celeste.

Luxemburgo sofreu uma queda e imediatamente foi atendido pelo médico do Cruzeiro, Walace Espada. O doutor imobilizou o local até o término da partida e conduziu o treinador celeste ao Hospital Samaritano, em São Paulo.

– Luxemburgo sofreu uma queda ao solo com trauma na mão esquerda. Fiz uma imobilização provisória na hora e assim que a partida terminou o conduzi ao Hospital Samaritano, em São Paulo. Foi realizado um Raio X e constatada fratura desviada do colo do quinto metacarpo. Foi obtido um bom alinhamento da fratura após termos realizado a manobra de redução da mesma (manobra para alinhar a fratura) e em seguida colocada uma tala de gesso – declarou o médico.

– Caso a fratura permaneça alinhada será optado pela manutenção do tratamento conservador (não cirúrgico). Em contrapartida, se a fratura se mostrar instável será optado pelo tratamento cirúrgico. A evolução nos próximos dias é que dirá qual será a melhor forma de condução do caso – acrescentou.

O técnico Vanderlei Luxemburgo fraturou o osso metacarpo da mão esquerda após queda em decorrência do encontro com o jogador Dudu do Palmeiras. O fato ocorreu no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. O atleta do time paulista se desequilibrou depois de uma dividida com o volante Charles do Cruzeiro e acabou se chocando com o treinador celeste.

Luxemburgo sofreu uma queda e imediatamente foi atendido pelo médico do Cruzeiro, Walace Espada. O doutor imobilizou o local até o término da partida e conduziu o treinador celeste ao Hospital Samaritano, em São Paulo.

– Luxemburgo sofreu uma queda ao solo com trauma na mão esquerda. Fiz uma imobilização provisória na hora e assim que a partida terminou o conduzi ao Hospital Samaritano, em São Paulo. Foi realizado um Raio X e constatada fratura desviada do colo do quinto metacarpo. Foi obtido um bom alinhamento da fratura após termos realizado a manobra de redução da mesma (manobra para alinhar a fratura) e em seguida colocada uma tala de gesso – declarou o médico.

– Caso a fratura permaneça alinhada será optado pela manutenção do tratamento conservador (não cirúrgico). Em contrapartida, se a fratura se mostrar instável será optado pelo tratamento cirúrgico. A evolução nos próximos dias é que dirá qual será a melhor forma de condução do caso – acrescentou.