icons.title signature.placeholder David Nascimento
27/02/2015
16:40

O técnico Vanderlei Luxemburgo e o ex-jogador Edmundo vivem em uma intensa briga judicial desde 2006 (por cheque de R$ 400 mil sem fundos). Na tarde desta sexta-feira, os dois se encontraram na 7ª Câmara Cível do Rio de Janeiro e chegaram a um acordo. A dívida, corrigida, chegou a R$ 2.841.805,27 milhões e, agora, Luxemburgo terá que pagar a Edmundo R$ 2.350.000,00 milhões.

Para conseguir o acordo, o advogado de Edmundo, Luiz Roberto Leven Siano, abriu mão da penhora do salário de Luxemburgo no Flamengo, que voltará a ser pago normalmente. A dívida do treinador com o ex-jogador deve ser quitada em dez meses.

- Chegamos a um acordo em audiência nesta sexta-feira. Depois de muitos anos de batalha judicial, finalmente o caso parece chegar ao fim. Vamos ver se o valor será pago nos termos acordados judicialmente - afirmou o advogado, em contato com o LANCE!Net.

O L!Net não conseguiu entrar em contato com Vanderlei Luxemburgo para comentar o caso.