icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/02/2015
12:05

Fora do time desde a primeira rodada do Estadual, por dores musculares, Léo Moura irá figurar entre os reservas na partida desta quinta-feira, diante do Boavista. Com 36 anos, e vínculo com o Rubro-Negro até 14 de maio deste ano, o jogador não teve uma renovação descartada pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, que ressaltou a produtividade.

O treinador, porém, destacou que a opção por Pará como titular faz parte do trabalho e garantiu que a posição do capitão rubro-negro não é "perpétua".

- Desde o início que renovou, não foi colocada uma faca no peito dele. Foi uma coisa bilateral. Se ele aceitou e assinou é porque houve consenso. A saída (do time) não quer dizer que está fora. Faz parte do trabalho. Às vezes se cria coisa como se o Léo Moura fosse perpétuo e não se pode tirá-lo. Não é assim. Eu optei pelo Pará mas o Léo pode voltar depois. A renovação vai depender da produtividade e não está descartada. Vamos deixar as coisas aqui quem sabe não pode continuar ate o final do ano?

Nesta temporada, o treinador rubro-negro conta apenas com Léo Moura e Pará para a lateral direita, além de improvisar o zagueiro Frauches em algumas oportunidades. Na esquerda, Pará também pode ser improvisado. A posição conta com Thallyson e Anderson Pico.