icons.title signature.placeholder Walace Borges
24/07/2014
12:05


Vanderlei Luxemburgo, de 62 anos, foi apresentado pela quarta vez como novo técnico do Flamengo, no fim da manhã desta quinta-feira, no Ninho do Urubu. O treinador chegou esbanjando confiança e sorrisos, como de costume. Com o time na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, Luxemburgo afirmou que será preciso dedicação de todos para superar as adversidades.

- O momento é de sacrifício, comprometimento... Falam que o elenco é fraco, é isso ou aquilo, mas a resposta vem nos 90 minutos. Quando o Flamengo ganhou a Copa do Brasil ou o Carioca, outras equipes eram fadadas a conquistar. O momento é delicado, mas temos que começar a alavancar pensando coisas diferentes. Não dá para esperar, a realidade não permite isso. É criar uma expectativa boa e trabalhar. Nós entendemos que temos que ter um comprometimento e um sacrifício maior - afirmou o treinador, destacando que é preciso olhar para o futuro:

- Com a experiência que temos, o para trás vai ficar sempre para trás. A análise vai ser daqui para frente. Acompanhei todos os clubes, o mercado, e segui o Flamengo mais por ser flamenguista. Vamos trabalhar com esse grupo para buscar os objetivos do Flamengo. Daqui para frente, os jogadores têm que entender que faltam 27 rodadas e precisamos pensar em alguma coisa boa. A derrota ofusca muita coisa. Esse grupo ganhou a Copa do Brasil e o Estadual. Acabam esquecendo as coisas boas.

LANCE!TV:
> Wallace acredita em nova postura do Fla para o clássico
> Assaf opina: igualdade vai dominar clássico carioca
> Aí, Luxa! Eduardo da Silva marca após calcanhar de Amaral

Depois de trabalhar no Fluminense no ano passado, Luxemburgo não trabalhou em nenhum clube até receber o convite do Flamengo para assumir o lugar de Ney Franco, demitido na quarta-feira. O treinador comentou o momento em que esteve sem trabalhar e o desafio de assumir o Flamengo. Ele revelou que estudou muito e está reciclado:

- É uma satisfação voltar ao Flamengo. Um profissional com o Flamengo não é convite, é convocação. Todo mundo sabe que sou rubro-negro. Profissionalmente, é uma oportunidade muito boa. Passei um período com a família, viajando, conversando com pessoas no futebol fora do Brasil, na Copa trabalhei como comentarista, e agora voltei para o mercado.

A estreia de Luxemburgo será no clássico de domingo, no Maracanã, às 18h30, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os rubro-negros ocupam a 20ª colocação na tabela de classificação com sete pontos ganhos.