icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/07/2013
12:13

O UFC 162, que acontece neste sábado, em Las Vegas, colocará o cinturão dos médios em disputa. De um lado, o campeão absoluto Anderson Silva. Do outro, o invicto Chris Weidman. Algo que tem chamado a atenção da promoção do show são as previsões de que o americano tem tudo o que é preciso para vencer o maior lutador da história da organização. Seja para promover o combate ou por realmente dotarem de tais opiniões, uma série de lutadores estão apostando em Weidman. O UFC divulgou um vídeo promocional do show no qual Georges Saint Pierre, Rashad Evans, Daniel Cormier e até Chael Sonnen aparecem acreditando no fim do reinado de Anderson.

Diante das inúmeras crenças em seu revés o campeão dos médios não quis entrar em polêmica, mas deu seu recado ao dizer que já está no esporte há muitos anos. Anderson fará sua 11ª defesa de cinturão.

- São todos bem preparados tanto em pé quanto no chão. Só vamos saber (o que vai acontecer) no dia da luta. Você tem de ter a confiança de que vai vencer. Senão, não vale a pena você estar se preparando quatro, cinco meses para lutar... Estou treinando forte. O que vai determinar quem vai vencer a luta é o quanto cada um treinou. E, no momento certo, aplicar o que treinou. Não estou de bobeira nesse esporte. Não cheguei ontem. Acho que ele está tendo a oportunidade dele e é isso que importa - disse o campeão.

Confira as apostas
Georges Saint Pierre: "Chris é uma máquina. Se existe um cara na divisão dos médios que pode bater Anderson Silva, esse cara é ele."

Rashad Evans: "Anderson, definitivamente tem sua posição (de favorito) ao enfrentar Weidman. Anderson encontra uma forma de terminar o trabalho. Mas, eu não sei..."

Chael Sonnen: "Eu luto contra qualquer um, a qualquer hora. Mas, eu juro por Deus: quando meu telefone toca, rezo para que eles não me digam que eu terei de enfrentar Chris Weidman."

Daniel Cormier: "Os especialistas sabem o quão Chris Weidman é bom. O público talvez não o conheça tão bem quanto deveria, mas vão descobrir no sábado"

O UFC 162, que acontece neste sábado, em Las Vegas, colocará o cinturão dos médios em disputa. De um lado, o campeão absoluto Anderson Silva. Do outro, o invicto Chris Weidman. Algo que tem chamado a atenção da promoção do show são as previsões de que o americano tem tudo o que é preciso para vencer o maior lutador da história da organização. Seja para promover o combate ou por realmente dotarem de tais opiniões, uma série de lutadores estão apostando em Weidman. O UFC divulgou um vídeo promocional do show no qual Georges Saint Pierre, Rashad Evans, Daniel Cormier e até Chael Sonnen aparecem acreditando no fim do reinado de Anderson.

Diante das inúmeras crenças em seu revés o campeão dos médios não quis entrar em polêmica, mas deu seu recado ao dizer que já está no esporte há muitos anos. Anderson fará sua 11ª defesa de cinturão.

- São todos bem preparados tanto em pé quanto no chão. Só vamos saber (o que vai acontecer) no dia da luta. Você tem de ter a confiança de que vai vencer. Senão, não vale a pena você estar se preparando quatro, cinco meses para lutar... Estou treinando forte. O que vai determinar quem vai vencer a luta é o quanto cada um treinou. E, no momento certo, aplicar o que treinou. Não estou de bobeira nesse esporte. Não cheguei ontem. Acho que ele está tendo a oportunidade dele e é isso que importa - disse o campeão.

Confira as apostas
Georges Saint Pierre: "Chris é uma máquina. Se existe um cara na divisão dos médios que pode bater Anderson Silva, esse cara é ele."

Rashad Evans: "Anderson, definitivamente tem sua posição (de favorito) ao enfrentar Weidman. Anderson encontra uma forma de terminar o trabalho. Mas, eu não sei..."

Chael Sonnen: "Eu luto contra qualquer um, a qualquer hora. Mas, eu juro por Deus: quando meu telefone toca, rezo para que eles não me digam que eu terei de enfrentar Chris Weidman."

Daniel Cormier: "Os especialistas sabem o quão Chris Weidman é bom. O público talvez não o conheça tão bem quanto deveria, mas vão descobrir no sábado"