icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/06/2014
09:00

Atleta do XFCI, Allan "Puro Osso" já passou pela situação que o Brasil enfrentará neste sábado ao entrar em campo contra o Chile, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, às 13h, no Mineirão. Em seu último compromisso pela organização de MMA, o brasileiro encarou Matias Vasquez e revelou que sofreu com a "catimba chilena".

- Sabemos que no futebol tem muita catimba por parte de chilenos, argentinos, mas eu nunca tinha tido problema com isso no MMA. O Matias Vasquez quis catimbar, provocou, fez de tudo. Depois disse que não bateu no arm-lock, mas isso ficou bem claro nas imagens. Além disso, ainda deu um grito quando peguei na primeira tentativa de arm-lock, logo no início da luta. Grito, nesses casos, podem ser considerados desistência. Mas tá bom, venci e isso que importa (risos) - comentou o brasileiro, que finalizou o americano no terceiro round.

Para o jogo do Brasil, Allan espera que a Seleção tenha o mesmo sucesso que ele teve contra o chileno. Apesar de ressaltar que espera um "jogo tenso" contra o Chile, o brasileiro acredita que a Seleção avançará às quartas de final com uma vitória por 2 a 0.

- Esse jogo será tenso, porque é mata-mata. Quem perder está eliminado, então pode ter muita catimba, principalmente por parte dos chilenos. Mas acho que o Brasil vai vencer. Será 2 a 0 para o Brasil. Não sou bom em palpites, mas este vou acertar (risos) - projetou o lutador.

Aos 22 anos, Allan "Puro Osso" já possui 15 exibições em seu histórico no MMA. Ao todo, o brasileiro sustenta um cartel de 13 vitórias e duas derrotas na carreira.