icons.title signature.placeholder Craque do Futuro
icons.title signature.placeholder Craque do Futuro
10/07/2013
14:48

A fim de amenizar a perda de ritmo de jogo, em função da pausa do Brasileirão para a Copa das Confederações, o time principal da Lusa promoveu um jogo treino contra a equipe sub-17, que acabou em 1 a 0 para os profissionais.

O técnico Edson Pimenta disse que alguns jogadores sentiram muito a falta da sequência de jogos. Durante o mês passado a Portuguesa só foi a campo em duas oportunidades, nos amistosos contra o Palmeiras e Taubaté.

Segundo Edson, a partida foi positiva, não só para o elenco principal, mas também para os garotos, que tiveram a oportunidade de mostrar serviço e jogar ao lado de jogadores considerados exemplos dentro do clube.

E MAIS:

> Rogério espera bom aproveitamento da Lusa nos 'jogos de seis pontos'

> Djalma Santos tem queda do nível de consciência e respira com ajuda de aparelho

O jovem volante, Rui Medeiros, exalta a oportunidade de atuar contra o elenco principal.

- O ritmo de jogo deles é muito mais cadenciado em relação ao nosso, o sub 17 é mais intenso, corremos mais. Eles trabalham mais a bola, se posicionam melhor. Aproveitei e fiquei observando os dois jogadores da minha posição, o Corrêa e o Ferdinando, para extrair o máximo que eles têm de bom – disse, o jovem volante Rui Medeiros.

A Portuguesa volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta o Santos na Vila Belmiro, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

A fim de amenizar a perda de ritmo de jogo, em função da pausa do Brasileirão para a Copa das Confederações, o time principal da Lusa promoveu um jogo treino contra a equipe sub-17, que acabou em 1 a 0 para os profissionais.

O técnico Edson Pimenta disse que alguns jogadores sentiram muito a falta da sequência de jogos. Durante o mês passado a Portuguesa só foi a campo em duas oportunidades, nos amistosos contra o Palmeiras e Taubaté.

Segundo Edson, a partida foi positiva, não só para o elenco principal, mas também para os garotos, que tiveram a oportunidade de mostrar serviço e jogar ao lado de jogadores considerados exemplos dentro do clube.

E MAIS:

> Rogério espera bom aproveitamento da Lusa nos 'jogos de seis pontos'

> Djalma Santos tem queda do nível de consciência e respira com ajuda de aparelho

O jovem volante, Rui Medeiros, exalta a oportunidade de atuar contra o elenco principal.

- O ritmo de jogo deles é muito mais cadenciado em relação ao nosso, o sub 17 é mais intenso, corremos mais. Eles trabalham mais a bola, se posicionam melhor. Aproveitei e fiquei observando os dois jogadores da minha posição, o Corrêa e o Ferdinando, para extrair o máximo que eles têm de bom – disse, o jovem volante Rui Medeiros.

A Portuguesa volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta o Santos na Vila Belmiro, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.