icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
01/02/2015
09:14

O treinador Luiz Felipe Scolari disse que o comportamento dos garotos que ele escalou foi o que mais o agradou na vitória por 3 a 0 do Grêmio sobre o União Frederiquense.

- Me agradou o Araujo, mesmo ele sendo expulso. Marcelo Hermes foi muito bem pelo seu setor e o Lincoln, com 16 anos, fez o que se imaginava que um garoto tão jovem poderia fazer para a equipe, se comportando bem. Isso foi o que mais me agradou - disse o treinador.

Sobre Lincoln, o mais jovem deles e que já é tratado pela torcida como um fenômeno, Felipão volta a pedir para que ninguém pressione o jogador.

- Lincoln será trabalhado, vem fazendo treinos, tendo oportunidades e amadurecendo. Terá um longo caminho a percorrer e conseguirá, pois tem grande qualidade.

Sobre Everton, que entrou no segundo tempo e fez o terceiro gol do jogo, Felipão ainda o vê  como um jogador que precisa de maior trabalho, já que faz uma função onde precisará de força física, coisa que ele ainda não tem.

- Ele pode ser uma alternativa. Mas é preciso analisar nao só a técnica, mas a parte tática. Ele taticamente tem de aprender bastante. Não  é forte, vigoroso. É driblador, mas para jogar tem de ter um sistema que o ajude, pois para fazer a recomposição ou roubar a bola é dificil para ele. Vamos trabalhar de acordo como adversário para ver se ele entra.