icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2013
23:14

A Portuguesa segue sem conseguir deixar a zona de rebaixamento. Na noite desta quarta-feira, a equipe, que estava vencendo o Criciúma por 1 a 0, sofreu o empate no último minuto de jogo e viu sua segunda vitória na competição escapar. Com o resultado, a Lusa chegou aos oito pontos e agora é a 19ª colocada na tabela.

Apesar da má fase no Canindé, a confirmação da permanência do lateral Luis Ricardo se deu na partida diante do Tigre. O jogador, que ficou afastado por duas rodadas devido a negociações com Palmeiras e São Paulo, fez sua sétima partida no Brasileirão, e agora só poderá sair para o exterior ou para clubes da Série B, encerrando assim a chance de ir para o Tricolor.

Após o empate, o treinador Guto Ferreira, que comandou pela primeira vez a Portuguesa, disse que as melhores situações do time na partida foram justamente criadas por Luis Ricardo. O lateral atribuiu seu desempenho ao fim das negociações e à vontade de ajudar a equipe rubro-verde.

- Sem dúvidas (ajudou no desempenho). Teve esse tempo que eu fiquei ausente, para que pudesse haver uma outra negociação, e acabou não dando certo, porque não ficou bom para a Portuguesa. Precisa ficar bom para todo mundo. A gente trabalha em comum acordo. Acabamos resolvendo que seria importante que eu ficasse agora, até pelo momento difícil que o clube está passando. Eu também me coloquei no lugar dos meus companheiros e com certeza a gente vai jogar para reverter essa situação - disse o jogador, após a partida.

A Portuguesa segue sem conseguir deixar a zona de rebaixamento. Na noite desta quarta-feira, a equipe, que estava vencendo o Criciúma por 1 a 0, sofreu o empate no último minuto de jogo e viu sua segunda vitória na competição escapar. Com o resultado, a Lusa chegou aos oito pontos e agora é a 19ª colocada na tabela.

Apesar da má fase no Canindé, a confirmação da permanência do lateral Luis Ricardo se deu na partida diante do Tigre. O jogador, que ficou afastado por duas rodadas devido a negociações com Palmeiras e São Paulo, fez sua sétima partida no Brasileirão, e agora só poderá sair para o exterior ou para clubes da Série B, encerrando assim a chance de ir para o Tricolor.

Após o empate, o treinador Guto Ferreira, que comandou pela primeira vez a Portuguesa, disse que as melhores situações do time na partida foram justamente criadas por Luis Ricardo. O lateral atribuiu seu desempenho ao fim das negociações e à vontade de ajudar a equipe rubro-verde.

- Sem dúvidas (ajudou no desempenho). Teve esse tempo que eu fiquei ausente, para que pudesse haver uma outra negociação, e acabou não dando certo, porque não ficou bom para a Portuguesa. Precisa ficar bom para todo mundo. A gente trabalha em comum acordo. Acabamos resolvendo que seria importante que eu ficasse agora, até pelo momento difícil que o clube está passando. Eu também me coloquei no lugar dos meus companheiros e com certeza a gente vai jogar para reverter essa situação - disse o jogador, após a partida.