icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/07/2013
16:43

O presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, foi internado novamente no Hospital Albert Einstein, na tarde desta terça-feira, em São Paulo, para realizar uma bateria de exames cardio-pulmonares. Segundo o comunicado da assessoria de imprensa do clube, ele deve receber alta médica já na sexta-feira.

A primeira internação de Luis Alvaro neste ano foi no fim de fevereiro, quando teve problemas pulmonares que acabaram gerando outros cardíacos. Ele precisou ser submetido a um cateterismo para desobstrução de uma artéria e, inclusive, chegou a ficar na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).

Após receber alta, o presidente teve de ser internado novamente em abril, depois de ter reagido mal a exames de rotina: ele tinha dificuldades para respirar e os médicos alegaram cansaço excessivo.

Em razão dos problemas de saúde, Luis Alvaro recebeu licença do cargo até o mês de maio, aprovada pelo Conselho Deliberativo do clube. Apesar de estar debilitado, ele compareceu à final do Campeonato Paulista, entre Santos e Corinthians, na Vila Belmiro, mas precisou do auxílio de balão de oxigênio para respirar.

Com 70 anos de idade, o presidente santista tem um histórico de problemas cardiológicos. Em 2003, ele chegou a ter diversas paradas cardíacas após ser internado e disse posteriormente que havia se encontrado com a morte.

Eleito no fim de 2009 e reeleito em 2011, Luis Alvaro tem mandato até o fim do ano que vem.

O presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, foi internado novamente no Hospital Albert Einstein, na tarde desta terça-feira, em São Paulo, para realizar uma bateria de exames cardio-pulmonares. Segundo o comunicado da assessoria de imprensa do clube, ele deve receber alta médica já na sexta-feira.

A primeira internação de Luis Alvaro neste ano foi no fim de fevereiro, quando teve problemas pulmonares que acabaram gerando outros cardíacos. Ele precisou ser submetido a um cateterismo para desobstrução de uma artéria e, inclusive, chegou a ficar na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).

Após receber alta, o presidente teve de ser internado novamente em abril, depois de ter reagido mal a exames de rotina: ele tinha dificuldades para respirar e os médicos alegaram cansaço excessivo.

Em razão dos problemas de saúde, Luis Alvaro recebeu licença do cargo até o mês de maio, aprovada pelo Conselho Deliberativo do clube. Apesar de estar debilitado, ele compareceu à final do Campeonato Paulista, entre Santos e Corinthians, na Vila Belmiro, mas precisou do auxílio de balão de oxigênio para respirar.

Com 70 anos de idade, o presidente santista tem um histórico de problemas cardiológicos. Em 2003, ele chegou a ter diversas paradas cardíacas após ser internado e disse posteriormente que havia se encontrado com a morte.

Eleito no fim de 2009 e reeleito em 2011, Luis Alvaro tem mandato até o fim do ano que vem.