icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/06/2014
19:20

Uma péssima estreia. É isso o que se pode dizer sobre a primeira partida do Uruguai neste Mundial, contra a Costa Rica, realizada neste sábado. A Celeste saiu na frente, abrindo o placar com Cavani, de pênalti, mas permitiu a virada dos costa-riquenhos por 3 a 1. Para o capitão Diego Lugano, o jogo era crucial para as pretensões uruguais na competição e faltou força física para reverter o placar adverso.

- Sabíamos que ia ser um jogo difícil, duro, e a partida foi realmente equilibrada. Depois nós não tivemos força física para reverter a situação (adversa). Penso que depois do segundo gol eles cresceram e nós tentamos buscar o resultado, mas faltou um pouco de perna. Não tivemos a potência necessária - analisou o jogador, que depois concluiu:

- A temperatura também (influenciou). Era um  jogo definitivo, crucial, mas sabíamos que seria duríssimo. Não tem nada do que reclamar. Eles foram bem, nós devíamos ter empatado, mas não consguimos.

O próximo compromisso da Celeste será contra a Inglaterra, às 16h, no Itaquerão, em São Paulo, no dia 19 de junho.