icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/03/2014
15:53

O zagueiro Lúcio preferiu não culpar as diversas lesões sofridas por jogadores do Palmeiras pela eliminação na semifinal do Paulistão, para o Ituano. Alan Kardec e Fernando Prass juntaram-se a Wendel na lista de machucados ainda durante o primeiro tempo do duelo e Valdivia saiu do banco na reta final do jogo mesmo sem totais condições, enquanto Juninho, Bruno César e Wesley sentiram problemas físicos na etapa final.

- É claro que são jogadores importantes, mas a gente não pode olhar por esse lado. Sempre falamos que o importante é o elenco, então todos têm de estar preparados. Desde que cheguei aqui, o treinador passa isso para todos, que é normal no futebol acontecerem lesões e suspensões. Cabe a cada um analisar o que fez de melhor e se estava bem preparado para essa partida - disse o camisa 33, que garante já ter vivido situações parecidas.

- Já passei por situações assim, em que jogadores que não vinham jogando tiveram de atuar. O importante é que todos trabalhem igual, pensem igual e tenham a mesma importância. Ontem (domingo) precisou. Os campeonatos são longos, muitos jogos, e todos têm de estar bem preparados para a hora que precisar. Isso vai da individualidade, do sonho de cada um, de onde querem chegar - acrescentou.

Lúcio quer esquecer derrota e focar na Copa do Brasil

O veterano avisou que não está preocupado com a decisão do título estaduel, entre Santos e Ituano:

- Para mim não tem mais importância. O importante para mim é o Palmeiras.