icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
23/02/2015
15:55

Em sua estreia como golfista profissional, a paulista Luciane Lee, da equipe de Alto Rendimento da Confederação Brasileira de Golfe (CBG), foi neste domingo 4ª colocada no Gateway Classic, disputado no Longbow Golf Club, em Mesa, no Arizona (EUA). O torneio iniciou a temporada 2015 do Symetra Tour, o circuito de acesso ao LPGA Tour, a principal série de competições do golfe feminino no mundo.

Luciane somou 210 tacadas (parciais de 71/71/68) para terminar empatada em quarto com outras nove competidoras. A campeã foi a amadora americana Hannah O´Sullivan, com 201 (67/65/69), que, aos 16 anos, se tornou a mais jovem campeã do circuito.

Com o resultado, Luciane entra na briga pela vaga para o golfe no Rio 2016. O resultado no Gateway Classic a fez entrar no ranking mundial feminino profissional na 752ª posição. Ela é a segunda melhor brasileira da lista - o primeiro lugar está com Miriam Nagl, que está em 599º lugar. Por ser país-sede, o Brasil tem vaga garantida no Rio 2016 para a brasileira melhor posicionada no ranking mundial.

Nos últimos anos, Luciane representou o Brasil em diversos torneios amadores ao redor do mundo, com o apoio da Confederação Brasileira de Golfe e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), via lei Agnelo Piva.

- Ela é uma jogadora de imenso talento e iniciou sua carreira profissional com o pé direito. Isso é fruto de sua dedicação e da experiência adquirida em eventos internacionais no qual representou nosso País nos últimos anos - diz Nico Barcellos, diretor técnico da CBG.