icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/02/2015
12:42

O técnico Oswaldo de Oliveira chegou a dizer que pouparia o lateral-direito Lucas contra o São Bento, no último sábado, mas o camisa 32 não só foi titular como também jogou os 90 minutos da vitória por 1 a 0. Mesmo com a costela trincada, o ex-botafoguense jogou todos os minutos do Paulistão até agora e ainda não deu chance ao jovem João Pedro, que completou 18 anos em novembro.

- Eu trinquei a costela no primeiro amistoso (contra o Shandong Luneng, dia 17 de janeiro). Na costela não tem o que fazer, não tem como engessar. então optei por não parar e ir no meu limite. Sentia dor, mas não me atrapalhava. Evitava choques em treinamentos e não queria parar, até para não perder a pré-temporada, o condicionamento físico. Hoje já não sinto tanto essa dor, só para dormir às vezes incomoda quando deito em cima. Não está me atrapalhando mais, faço todos movimentos. Valeu a pena - disse Lucas.

João Pedro voltou na semana passada do Sul-Americano Sub-20. Titular na reta final do Brasileirão do ano passado, o garoto formado pelo próprio Verdão desbancou Ayrton assim que chegou e foi inscrito para a primeira fase do Campeonato Paulista. Lucas é só elogios ao concorrente:

- Ele tem uma qualidade incrível, uma personalidade fora do comum. Com 17 anos, entrar e mostrar o que mostrou ano passado, indica que já virou jogador, não é mais uma promessa. A gente vê nos treinamentos que ele é muito forte, tem muita velocidade. Vejo um futuro brilhante. Se ele tiver um pouquinho de calma, com certeza vai jogar, o Oswaldo vai dar essa chance. Já vivi essa situação, já tive essa transição de juniores para profissional, sei como é, sei o quanto é difícil, e quando sobe um garoto da base eu torço muito - exaltou o titular, antes de emendar:

- João Pedro, Nathan, Gabriel Jesus... Que qualidade, hein? Impressionante... Se o Palmeiras tiver paciência com eles também é dinheiro no caixa. Jogam muito.