icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/04/2014
11:25

Constantemente convocado para as seleções de base do Brasil, o volante/lateral-esquerdo Lucas Cândido foi submetido à cirurgia no joelho direito na última terça-feira, dia 1º de abril. Após sofrer uma ruptura do ligamento cruzado anterior, estiramento dos ligamentos laterais, além de ruptura do menisco do joelho direito, o jovem de 20 anos foi operado pelo médico do Atlético-MG, Rodrigo Lasmar.

- Nenhum jogador gosta de se lesionar, mas isso faz parte da nossa profissão. Agora é recuperar e voltar o mais rápido possível a fazer o que eu mais gosto, que é jogar futebol. A cirurgia foi um sucesso em nome de Jesus e gostaria de agradecer a Deus, aos meus familiares, companheiros de clubes e a torcida pelas mensagens de apoio - falou o jogador, uma das apostas e promessas das categorias de base do Galo.

MAIS:
> Apesar do pouco tempo, Guilherme crê em bom entrosamento com R10
> Diego Tardelli valoriza trabalho de Autuori e vê time em 'nível altíssimo'

Lucas deverá ser liberado ainda nesta quarta-feira, e iniciar o procedimento de fisioterapia nos próximos dias. Desde que o atleta alvinegro se lesionou, no duelo contra a URT, em Pato de Minas, no dia 19 de fevereiro, Rodrigo Lasmar adiantou que o prata da casa atleticano deveria ficar em torno de seis a sete meses fora dos gramados até se recuperar totalmente.

Titular no time sub-20 da seleção brasileira em 2013, Lucas Cândido foi promovido aos profissionais do Galo no mesmo ano. Ainda com o técnico Cuca, o volante seria deslocado para a lateral-esquerda, barrando jogadores como Richarlyson e Júnior Cesar no banco de reservas. Após disputar o Mundial de Clubes improvisado na posição, o jogador mal iniciou a temporada de 2014 com Paulo Autuori e teve que se submeter aos tratamentos de uma pubalgia antes de se lesionar seriamente no começo do Campeonato Mineiro.