icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/07/2014
19:17

O Brasil segue sem conhecer derrotas no Campeonato Mundial Sub-21 de vôlei de praia, no Chipre. André Loyola e Vinícius venceram mais dois jogos pela fase de grupos nesta sexta-feira e garantiram vaga nas oitavas de final. Duda e Tainá também venceram duas vezes, mas ainda decidem a liderança da chave D em partida neste sábado, pela última rodada da primeira fase.

Duda e Tainá, que tinham vencido duas vezes na estreia, na última quinta, começaram o dia com vitória sobre as japonesas Shimizu e Kondo por 2 sets a 0 (21-8, 21-8). Na segunda partida, triunfo por 2 sets a 0 (21-8, 21-10) sobre as nigerianas Nnoruga e Bukky, em 21 minutos.

As atuais campeãs mundiais sub-19 voltam a quadra neste sábado para definirem a liderança da chave D contra as austríacas Teresa e Nadine Strauss, que também somam quatro vitórias. Além da última partida da fase de grupos, no mesmo dia também acontecem jogos da repescagem e oitavas de final.

No masculino, André Loyola e Vinícius também confirmaram a boa fase e repetiram o desempenho das meninas. Eles começaram o dia vencendo os espanhóis Vallés e Prades por 2 sets a 0 (21-19, 21-13). Na segunda partida do dia, vitória sobre os australianos Dickson e Murch, que se lesionaram e não puderam entrar em quadra.

Com oito pontos e quatro vitórias, os brasileiros já não podem mais ser alcançados na liderança do grupo B e entram em quadra apenas para cumprirem tabela. Loyola e Vinícius enfrentam os letões Lancmanis e Smirnovs neste sábado, na rodada final da fase de grupos.

Entre os homens, o Brasil busca o bicampeonato e o quinto título de sua história no torneio. Na temporada passada, Saymon/Fábio foram campeões ao vencerem os canadenses O'Gorman e Nusbaum na Croácia. No feminino, as representantes do país tentarão encerrar um jejum de sete anos: o último título veio em 2007, com Lili e Bárbara Seixas.